O termo Gourmet se originou na França e seu significado original designava os bons apreciadores de vinho, aqueles que realmente entendiam sobre safras e uvas. Mas, atualmente, esse significado mudou e serve para designar tudo aquilo que se considera de alta qualidade à mesa. Geralmente os produtos e as refeições gourmet, são mais caros que os seus equivalentes. E é claro que, sendo umas das bebidas mais apreciadas pelo mundo, o café também tem versões consideradas gourmet! E é sobre elas que vamos falar hoje! Será que depois de ler, você ai querer variar como toma o seu cafézinho de todo dia?

grãos

KOPI JOSS

Já pensou tomar café com carvão? Pois é, isso existe. O carvão vegetal encontrado em Yogyakarta, na Indonésia, é adicionado quente e ainda flamejante ao café, além do açúcar, em uma xícara bem quente!

Kopi Joss

grãos

CAFÉ COM SAL

Alguns países escandinavos (norte da Europa) praticam tomar o café não com açúcar como nós, mas com sal! Por mais incrível que pareça, o sal tira bastante a acidez da bebida.

café com sal

grãos

CAFÉ COM QUEIJO

Na Suécia e em alguns países de cultura e descendência hispânica, costuma-se acrescentar cubos de queijo dentro da xícara, para acompanhar o café. O queijo vai derretendo aos poucos. (Acho que nossos mineiros podem gostar dessa versão!)

café com queijo

grãos

CAFÉ COM GRÃOS DE PIMENTA PRETA

Se você procura um café com sabor exótico e diferente, então tomá-lo com grãos de pimenta, como no Marrocos, pode ser a solução! Muito comum na região, lá eles acrescentam a pimenta preta em grãos ao café.

café com grãos de pimenta

grãos

CAFÉ COM OVO

No Vietnã é um costume muito usado! Tomar o café com um ovo inteiro (com casca e tudo! OMG!), que vai cozendo na água fervida.

café com ovo

grãos

CAFÉ COM LIMÃO

Esta versão eu até encaro! Bebido essencialmente na Itália, mas também em algumas zonas de São Paulo, dizem que ajuda muito a combater as dores de cabeça ou enxaquecas.

café com limão

grãos

CAFÉ COM MANTEIGA

Em Singapura, muitas regiões da Ásia e também no interior de Minas Gerais (aqui com o intuito de expectorar o pulmão quando se tem gripe, vejam só!) adiciona-se um pouco de manteiga ao café. O aroma e a textura ficam incríveis.

café com manteiga

grãos

BLACK COFFEE MARFIM OU BLACK IVORY

Considerado um dos cafés mais caros do mundo, ele é retirado do esterco do Elefante! O animal consome o fruto, mas não consegue digerir os grãos do café, embora o coma em grandes doses. Os grãos saem misturados com a dieta vegetariana do elefante, proporcionando um sabor diferente, um ligeiro gosto de terra com esterco de elefante. (Não, eu não provei! É o que dizem os entendidos!)

Black Ivory

grãos

KOPI LUWAK OU CIVETA

Este recebe o título de café mais caro do mundo! Acontece que esta “iguaria” (eca!) custa aproximadamente 1.000 dólares o quilo! E a razão deste preço estratosférico é o fato deste café ser raro, já que a produção é pouco mais que 200 quilos por ano. Típico da Indonésia e também conhecido como café Civeta, surge a partir dos excrementos de um pequeno mamifero. O animal seleciona os grãos antes de comer, mas digere apenas a polpa, deixando a semente passar intacta pelo sistema digestivo. Durante esse processo, as bactérias e enzimas únicas do civeta fazem com que os grãos fiquem com um sabor especial, descrito como “uma mistura de chocolate e suco de uva, menos ácido e amargo do que os cafés comuns”. Os grãos são higienizados, tratados e torrados antes da comercialização. É, para muitos, o melhor café do mundo.

Kopi Luwak

grãos

E ai? Topa um Cafézinho Gourmet?