MAIS POLÊMICA PARA OKJA E A NETFLIX!

Okja é um dos filmes mais aguardados da Netflix para entrar em seu catálogo. Mas não é somente por sua história, elenco, produção e efeitos especiais. O filme é um dos concorrentes aos prêmios do Festival de Cannes e vem geando muita polêmica e uma briga ideológica imensa.

Continuando com suas polêmicas, Okja será exibido de forma limitada nos Estados Unidos, Reino Unido e Coréia do Sul, mas parece que todas as últimas atitudes do serviço não foram muito bem aceitas pelo público Coreano. O Variety e o Deadline estão reportando que as redes de cinema Lotte Cinema, Megabox e CJ CGV não irão exibir sessões do longa, ou seja, Okja não será exibido em 93% das salas de cinema da Coréia do Sul.

O elenco conta com os nomes de Tilda Swinton, Paul Dano, Byun Heebong, Steven Yeun, Lily Collins, Giancarlo Esposito, Jake Gyllenhaal e apresenta An Seo Hyun como “Mikha”. A direção e roteiro é do gênio Bong Joon Ho.

A sinopse oficial do filme que estreia no dia 28 de junho no serviço de straming é a seguinte: “Por 10 anos idílicos, a jovem Mikha (An Seo Hyun) tem sido a cuidadora e companhia constante de Okja – um animal gigantesco e amiga ainda maior – em seu lar, nas montanhas sul-coreanas. Mas tudo isso muda quando a empresa familiar e conglomerado multinacional Mirando Corporation leva Okja embora e a leva até Nova York, onde a diretora executiva da companhia, Lucy Mirando (Tilda Swinton), obcecada por sua imagem, tem grandes planos para a querida amiga de Mikha.”.

Veja mais sobre Filmes e Netflix