Em 2009, nos Estados Unidos, foi criado o serviço gratuito para as mulheres e hoje têm cerca de 1,3 milhões de usuários. Os homens podem até se cadastrar gratuitamente, mas para escrever para suas pretendentes precisa contratar um plano de R$ 60,00.
A média de idade dos usuários atuais do site é de 39 anos para homens e 33 anos para mulheres. Em menos de um mês de funcionamento no Brasil, mais de 150 mil pessoas já criaram seus perfis e adivinhem qual estado bateu o record de inscrições? São Paulo, minha gente, tomem cuidado com esse pessoal paulista! 🙂
O Ohhtel é uma rede social para casados em busca de sexo fora do casamento com sigilo e discrição – sim, essa é a proposta do site. O polêmico serviço, voltado para os que não gostariam de se divorciar nem correr riscos de buscar outros “alguéns” em bares, despertou o interesse de mais de 50 mil mulheres e 100 mil homens no Brasil, superando os Estados Unidos, Canadá, Argentina, Chile e os outros países que o site está dominando.
Como disse anteriormente, a maior concentração de usuários está em São Paulo, cerca de 36%, seguidos de longe por Minas Gerais com 16% e Rio de Janeiro com 13%.
Nota da Coxinha: Parece brincadeira, mas na época da globalização digital, conceitos como respeito e valores estão sendo abandonados por modismos. Temos que tomar cuidado para que não troquemos nossas vidas virtuais por nossas relações humanas. Precisamos de beijos, carinhos, abraços e do sentimento “amor”, sem isso, seremos apenas um bando de pessoas com acesso à internet.
Compartilhe: