O TAPA NA CARA de The Walking Dead!

-por , em 30/11 -
O TAPA NA CARA de The Walking Dead!

TAPA NA CARA! Esse deveria ter sido o nome do último episódio deste ano de The Walking Dead. Seja pelos elementos apresentados na trama, seja pela mudança comportamental de alguns personagens ou seja pela belíssima última cena do episódio, que, digo isso com plena consciência que opinião é algo que não se discute, foi espetacular! Confabulações a parte, o nome “Pretty Much Dead Already” foi um nome bem sugestivo também. A frase utilizada por Shane na conversa com Dale sobre as armas, pode ser aplicada à vários personagens e eventos do episódio. As explosões de violência e raiva de alguns personagens, as máscaras que sabíamos que eram máscaras caindo, a descoberta de fatos que já imaginávamos e até mesmo a postura de Hershel que já imaginávamos que seria essa mesma. Tudo isso contribuiu para que pudéssemos nos surpreender com o que já esperávamos acontecer. Poucas séries conseguiram me fazer ficar boquiaberta, impressionada e em conflito interno como The Walking Dead.

A polêmica das últimas semanas sobre as questões humanas apresentadas nos últimos episódios – mudança de postura de Carl que fez com que o menino recebesse aulas de tiro, a postura de Hershel de considerar Zumbis como seres vivos doentes e a decisão de Lori com relação ao aborto foram meio que por água abaixo. Tudo isso foi colocado de lado pelo simples ato de Rick, que se aproximou de Sophia e sem dó nem piedade acabou com a ‘raça’ zumbi da menina. Para os politicamente corretos, ouso questionar: “Isso pode né?”. Demagogias à parte, o episódio final desta primeira fase trouxe algumas questões que podem e devem ser consideradas pelos fãs:
– Devemos ou não recriminar Hershel por sua atitude? Pára né? O cara estava surtando em sua forma de surtar como todos os personagens e como todos nós faríamos se passássemos por uma situação semelhante. Não, ele não conhecia Sophia e não tinha como avisar ao grupo que a menina tinha virado zumbi e estava trancafiada junto com seus amigos e familiares no celeiro. Além do mais, antes de recriminar o velho, pensem que, da forma insana dele, ele até protegeu a menina, já que ele considerava que um dia talvez eles pudessem ser todos curados. Então parem de mimimi e não me estressem com essas agressões verbais ao bom e chato velhinho.
– Foi interessante matar uma personagem que originalmente nos quadrinhos ainda está viva? Sabe de uma coisa? Até que foi sim. Não pela menina, #peloamordedeus, mas pelo drama todo que se dará depois do evento. Pensem na quantidade de caminhos que os roteiristas abriram para a trama com essa simples morte, pensem na quantidade de personagens afetados, chega a ser até assustador quando paramos para analisar – Hershel e sua filha como protetores de zumbis e agora? Daryl e Carol pseuso-unidos pela busca da menina manterão seu pseudo-iniciado-romance? Rick recuperará o respeito do grupo e sua liderança com a atitude de tomar a frente e matar a menina? Shane será considerado um herói ou um louco? Carl manterá sua postura determinada e agressiva ou voltará a se acalmar?
– A permanência na fazenda – Essa atitude do grupo, liderados por Shane pode fazer com que todos se unam ainda mais (até mesmo com o pessoal de Hershel) ou pode fazer com que eles considerem que seu tempo ali acabou realmente. Eles podem passar a ser “Os Vingadores” do futuro pós apocalíptico, passando por fazendas, mudando paradigmas e principalmente, exterminando zumbis, porque nisso, até mesmo a tosca da Andrea está se tornando boa.
– A postura de Rick com relação à traição de Lori está correta? Correta ou não, o cara é o marido e em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher! Isso é fato, Shane e Lori não traíram Rick, eles achavam de verdade que o cara tava morto e todo mundo sabe que a fila anda nesses momentos, ainda mais quando você acha que pode morrer a qualquer minuto. Agora, que Rick está sendo super estrategista guardando o segredo de Lori e Shane com ele, isso ele está. Ele tem os dois em suas mãos e pode manipular o quanto quiser, além de poder vigiar sem ser notado e ter postura agressiva ou defensiva, quando quiser. O cara pelo menos para isso está sendo mais espertinho.
E com isso tudo, não podemos deixar de confabular, até porque tem alguns pontinhos ainda sem nó…como o que Jenner disse ao ouvido de Rick na última temporada? Até agora nada e nós aqui na curiosidade. Até quando?
 
Quer mais questões?
=> O relacionamento entre Daryl e Carol foi um pedido dos espectadores e os roteiristas atenderam [não vou nem comentar sobre a paixão surreal que Carol tem por homens agressivos e que costumam tratar mulheres sem respeito algum].
=> A forma com que Glenn contou ao grupo sobre os zumbis no celeiro [sinceramente, achei melhor assim. O cara tava com vários segredos pipocando em sua mente, não nasceu para isso e todos sabíamos desde o início. Ele é imaturo e totalmente sem jeito com as pessoas, é claro que alguém assim só poderia vomitar em todos os outros “tem zumbis no celeiro” e pronto, se fosse Rick no entanto, teríamos visto uma explicação de meia hora para a situação]
=> Shane e Andrea gostam mesmo de se enganar [diferente de alguns outros personagens, os mais agressivos desde o início da segunda temporada não querem enxergar a verdade que os cerca. Andrea precisava de um bom sexo e pronto, relaxou e até sorriu…acho que o problema dela com Lori nada tinha a ver com ser esposa do líder ou utilização de armas, acho que era inveja por falta de sexo mesmo. Agora Shane, até quando ele vai sustentar o papinho de que o mundo mudou, precisamos sobreviver, as regras são outras? Cara, ele quer a Lori e está fazendo estardalhaços para consegui-la. No more drama please!]
Enfim galerinha, o TAPA NA CARA foi dado pelos roteiristas, personagens e todos os envolvidos nesses episódios, agora só nos resta sentar e esperar fevereiro de 2012 chegar logo para continuar matando nossa curiosidade ou para continuar criando dúvidas e mais confabulações. 
Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você