Pois então, foi anunciado nesta última terça-feira (dia 24 de abril) o lançamento do Google Drive, um serviço de armazenamento de documentos na nuvem. O produto chega ao mercado após uma série de boatos e para concorrer com produtos como o Dropbox e o Skydrive da Microsoft.

 

Ao acessar o serviço, o usuário ganha 5 Gbytes de armazenamento gratuito, mas é possível aumentar essa capacidade para 25 Gbytes (US$ 2,49 por mês), 100 Gbytes (US$ 4,99 por mês) ou 1 Tbyte (US$ 49,99 por mês). Ao fazer o upgrade da conta do Drive, o armazenamento do Gmail, o serviço de e-mails da empresa, também aumentará para 25 Gbytes.

 

“O Google Drive é um lugar em que você pode criar, compartilhar, colaborar e manter suas coisas”, disse Sundar Pichai, do Google, em um post de apresentação do serviço no blog da companhia. “Você pode fazer o upload e acessar seus arquivos, incluindo vídeos, fotos, arquivos do Google Docs, PDFs”.

 

O usuário pode acessar seus arquivos armazenados na nuvem a partir de computadores PC ou Mac e de aparelhos com Android. O aplicativo para iPhone ou iPad chegará em breve, diz o Google. Independente da plataforma, usuários que não enxergam podem acessar o Drive com um software que faz a leitura das telas, afirma a Companhia.

 

Apesar de cobrar pelo serviço, atualmente, o Google gera 96% de suas receitas com venda de publicidade. A empresa faturou US$ 38 bilhões em 2011, segundo resultados divulgados.

 

~ Concorrência ~

 

O Google Drive chega ao mercado para concorrer com serviços como o Dropbox, que já tem mais de 50 milhões de usuários no mundo, segundo a empresa que cuida do site. O Dropbox, que tem o cantor Bono entre seus investidores, oferece até 18 Gbytes de armazenamento gratuito e também pode ser acessado por diversos dispositivos ~ incluindo os com iOS, da Apple.
Também faz parte do mercado o Skydrive, da Microsoft, que anunciou uma série de mudanças recentemente. O serviço de armazenamento anunciou a disponibilização de 7 Gbytes gratuitos para seus usuários e uma série de novos aplicativos para Windows, Mac OS, Windows Phone e iOS.