FLIP, nada mais é do que a incrível Festa Literária Internacional de Paraty! Um evento que respira e transpira cultura, literatura, inteligência, modernidade e conservadorismo, tudo em uma cidade histórica do interior do Rio de Janeiro. Não tem como ser mais perfeita, do que já é! Somos completamente apaixonados pelo evento e, há 2 anos, visitamos e cobrimos cada cantinho dela! Aqui embaixo, nesse mesmo post, você poderá ver um pouquinho de como foi nossa FLIP de 2015 – o vídeo ficou fofo, o evento foi incrível e o homenageado foi Mario de Andrade! Foi muito muito legal!

Quem faz a Flip:  A Casa Azul é uma organização da sociedade civil de interesse público que desenvolve projetos nas áreas de arquitetura, urbanismo, educação e cultura. Desde as primeiras ações, há mais de vinte anos, vem desenvolvendo uma metodologia de leitura territorial capaz de potencializar importantes transformações no território. Em Paraty, onde a associação se originou, esse processo levou à realização de ações de permanência, com projetos como a Flip, a Biblioteca Casa Azul e o Museu do Território, entre outros.

A programação da Flip é realizada por meio das leis de incentivo à cultura da Secretaria de Cultura do Estado Rio de Janeiro e do Ministério da Cultura do Governo Federal, e conta com patrocínio de empresas e organizações em vias de captação. Veja um pouquinho da FLIP de 2015 com a gente:

A obra e a vida de Mário de Andrade ajudaram a moldar a cultura brasileira – entre os frutos indiretos de sua atuação estão, por exemplo, a preservação da cidade de Paraty e a própria Flip, que guarda muito de seu espírito irrequieto, festeiro e articulador. Nada mais justo que, em sua 13ª edição, a Festa Literária Internacional de Paraty tenha homenageado o autor paulista, morto prematuramente em fevereiro de 1945, cuja vida e obra ainda iluminam o Brasil do século 21.

Em 2016, a FLIP homenageará a poetiza carioca Ana Cristina Cesar, você pode ler mais sobre o próximo evento, aqui!

Nos vemos em Paraty, em 2016! 🙂

Compartilhe: