Se tem uma coisa que eu curto, são os trabalhos assinados por Tim Burton. Talvez sejamos o que chamam de “espiritos afins”, porque eu sempre tive uma atração pelo bizarro e sombrio, especialmente com aquele toque fofo ou satírico (bem, eu curto muitas coisas, e esse tipo de coisa pode me arrepiar, mas não sinto medo). Então, lógico que me empolguei ao saber que uma exposição, recheada de peças do acervo pessoal do diretor, estava vindo para o MIS (Museu da Imagem e do Som)! Entrou na minha lista de parada obrigatória! E é sobre minha visita que eu vou falar, ok ?

Pra começar, a compra dos ingressos foi complicada e não foi complicada… Como assim? Bem, os lotes inicialmente anunciados para a venda online se esgotaram bem rápido. Mas, com alguma constância, novos lotes tem surgido. E porque eu digo que foi complicado: eu tentei um desses lotes, com data anunciada para abril. Cheguei a tela de finalização da compra 3 vezes, para acabar deslogada do servidor e ver o lote se esgotar sem conseguir comprar! Imagine minha frustração, sendo que eu estava ali, online, preparada, no minuto em que a venda se iniciou! Eu tentei por 40 minutos e acabei de mãos abanando porque o site estava completamente instável com o trafego imenso de acessos… Minha segunda tentativa foi pra um lote anunciado (quase de surpresa) para o ultimo dia 22. A conselho da amiga Natália, dessa vez tentei pelo aplicativo. Para minha grata surpresa: o acesso foi imediato, a compra foi facilmente feita, além de os ingressos ficarem  disponíveis dentro do app, sem precisar de impressão para o uso. Claro que você pode tentar comprar na porta, aos domingos e sextas, ou tentar a entrada gratuita, que acontece todas as terças, mas essa depende de enfrentar uma boa fila e não há garantias de se conseguir entrar se houver muitas pessoas.

Já na exposição, que se inicia pelo segundo andar, você é recebido  por várias cabeças de Jack Skellington (O Estranho Mundo de Jack), em um carrossel, gerando o efeito de movimento. E eu curti muito ver os desenhos do diretor, muitos rabiscados em guardanapos (até usados, kkkkkk) e mostrando bem as muitas vezes em que era um esboço que começou por acaso. Muitos desses desenhos tem características ou traços diretos de personagens que conhecemos e amamos, outros são totalmente desconhecidos, mas onde se percebe o toque burtonesco sem pestanejar!

Uma atração à parte, é a descida para o primeiro andar da exposição! Sério! Uma escada à la “Os Fantasmas se Divertem”, muito colorida e com a opção de descer por um escorregador! Eu sofri uma torção no pé e estou usando uma imobilização, mas nem isso me impediu de descer o escorrega!  Nunca me perdoaria se não o fizesse! kkkkkkkk

Outra coisa que me agradou, foi ver os bonecos das animações de pertinho. Perceber onde estão as articulações, ver como foram feitos, os mínimos detalhes, sempre presentes…  APAIXONANTE! Eu queria roubar a dupla Victor e Sparky (Frankenweenie) e levar comigo. O esqueleto sábio e velhinho de A Noiva Cadáver, achei tão carismático! E os Marcianos de Marte Ataca, fininhos…

Agora o que me desagradou: o tempo de 1 hora é muito curto! Eu me ative a dar minha maior atenção aos itens que eu mais queria ver, como os bonecos e escolher peças aleatórias pelo acervo, conforme me chamavam a atenção. Como eu disse ali em cima, os detalhes, são muitos e estão em absolutamente tudo! Eu senti por ter deixado de olhar com atenção muitas ilustrações, mas se não escolhesse apenas algumas, teria de sair sem poder ver nem a metade de tudo!

Outra coisa foi o fato de o MIS não ter disponibilizado um material de divulgação ou esclarecido as principais peças do acervo. Eu teria ido de todo o jeito, mas os sites que falavam sobre o assunto, mostraram em sua maioria, fotos de uma parte da exposição, retiradas de sites internacionais, que não estava aqui! Eu sei que o acervo pessoal do diretor é grande, que a exposição circula muitos países e que possivelmente há alguma acontecendo em algum outro país… MAS, essa divulgação me fez acreditar que encontraria os bonecos de Jack, Sally e Emily para ver aqui. Mas esses bonecos não estão aqui! Então, se você ainda não visitou, saiba que vale a pena, mas deixe para olhar com mais atenção e demora os itens que te interessam mais e, não conte com os bonecos dos personagens mais famosos… (as imagens que ilustram esse post mostram o que vi mesmo por lá)

E se você já foi, não deixe de me contar o que você achou, ok? Beijinhos e até a próxima!

Os ingressos online serão vendidos por lotes ( fique de olho nos anúncios), exclusivamente pelo site da Ingresso Rápido. O valor é de R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada para estudantes, idosos e professores da rede pública).

VENDAS NA BILHETERIA MIS (somente durante a exposição e válidos para o mesmo dia da compra):

– Domingos  /  das 11h às 19h
R$12 inteira, R$6 meia / crianças até 5 anos não pagam / limite de 04 ingressos por pessoa.

Terças  /  das 10h às 20h (feriados das 11h às 19h)
Entrada gratuita. Retirada de senha na Bilheteria conforme ordem de chegada. Limite de ingressos por dia de acordo com o horário de funcionamento da exposição e a lotação do espaço.

– Sextas (a partir de 11/03) / das 10h às 20h
R$12 inteira, R$6 meia / crianças até 5 anos não pagam / limite de 04 ingressos por pessoa.

Compartilhe: