O Hitmaker – Nando Reis na Fundição Progresso!

O Hitmaker – Nando Reis na Fundição Progresso!

Eu e Madame K estivemos na Fundição Progresso para ver Nando Reis em sua turnê Sei. E que show amigos! O ruivo arrebenta!

Chegamos pontualmente às 22h e aguardamos o show de abertura, que ficou a cargo de Diogo Gameiro. E aí entra um ponto negativo da noite: A demora. O público aguardou duas horas o show de abertura, e quando finalmente algo aconteceu, nos deparamos com uma apresentação morna de Gameiro e sua trupe. A banda é boa, tem algumas canções legais, porém senti falta de empolgação. A impressão que passou é que eles estavam ali para cumprir tabela.

O show de Gameiro se foi, e continuamos aguardando. Muita gente foi cansando e desanimando. Finalmente os músicos entraram no palco e o jogo virou.

A Setlist foi matadora. Muita gente foi às lágrimas. “O Segundo Sol” , “Relicário” e “Marvin” é chover no molhado. Executadas com perfeição e com uma empolgação que contagiava a todos. Inclusive nosso amigo, Diogo Gameiro, que é o responsável pelas baquetas nos Infernais.

Tenho que tecer um comentário sobre o palco. Show de iluminação e de decoração. Foi um show a parte. Já que falei no Diogo, vale salientar a qualidade dos Infernais. Ótimos arranjos, presença de palco e simpatia. Ótima banda que dá suporte a um verdadeiro Hitmaker.

Eles entraram no palco executando “Pré-sal” ,seguida de “Sou Dela”. E ai, a Fundição veio abaixo. Para não deixar a peteca cair, “O mundo é bão” sai pelos P.A´S. Que emocionante, de verdade.
Aí o clima mudou. Ele lançou “O que eu só vejo em você”, “A Luz dos Olhos” , “As coisas tão mais lindas” e “Declaração de Amor”. Madame K grudou em min, chorou, cantou junto e falou que me amava. É o efeito das letras do ex – Titãs. Os casais estavam todos grudados.

Seguindo com “Os cegos do castelo”, “Coração Vago” e “Sei”. O torpedo chamado “Relicário” veio, e a Fundição cantou em Uníssono. “No Recreio” , “Luz Antiga”, “Não vou me Adaptar”, “All Star”, “Pra você guardei o amor” foram tocadas com perfeição cirúrgica. Os cariocas já tinham ganhado a noite. O jogo já tinha virado. “O segundo sol”, “Por onde andei”e“Do seu lado” levantaram os cansados. “Espatódea” e “Marvin” levaram as últimas energias de quem estava lá. Game Over.

Muitos sorrisos, muitos cansados e uma felicidade que emanava por entre as ruas da Lapa. Valeu a demora. Obrigado Nando!

Até a próxima gente!

Jefferson Montenegro
por

Jefferson Montenegro

Orgulhoso de ser barbudo,flamenguista e baterista. Louco para voltar a morar na Lapa, adoro escrever! E contar histórias! Depois dê uma passeada pelo site e uma passadinha no "sobre nós", lá você encontrará meus outros textos e participações aqui na Coxinha Nerd! Bom divertimento!

Recomendamos para você