O encanto de Cinderela!

-por , em 28/03 -
O encanto de Cinderela!

Olá, pessoas!!! Vim aqui dar mais uma dica de cinema (sim, pessoas, realmente pareço e sou viciada em cinema), mas agora virei falar de um filme que me causou muito encanto e que, sinceramente, superou as minhas expectativas. Sim, pessoas… Falarei de Cinderela, de porquê fiquei encantada com o filme e ainda, tentar dá alguns motivos a vocês para irem assistir à película. Então, paremos de enrolação e vamos direto ao ponto, certo pessoal?! Me acompanhem, por favor!!!

O Curta antes do Filme

Gente, como vocês bem devem ter visto, fora anunciado que Cinderela seria precedido pelo curta-metragem de “Frozen – Uma febre congelante”. Se não ficaram sabendo, aviso a vocês agora, e olha… Nunca vi uma coisa tão fofa e divertida na minha vida. Posso dizer que, pela recepção da sala em que eu estava (e que diga-se de passagem, tinha mais marmanjos do que os pequenos), fora muito bem recebido. Além de ter a sensacional da Indina Menzel emprestando a sua voz para Elsa e a doçura de Anna, como sempre… Não contarei o enredo, claro… Vou deixar a curiosidade aqui para vocês irem conferir!!!

frozen-febre-congelante2-1200x520

As Expectativas sobre o Filme

Pessoas, vou ser completamente sincera com vocês… As minhas expectativas estavam super baixas com relação à adaptação, e por quê?! Quando eu fora ao cinema, acredito que foi quando eu fui ver Birdman e passou o trailer do filme, ele era tão gigante, que dera a impressão que já tinha passado o filme inteiro e sério… Me fez desanimar muito, cogitei até mesmo em esperar um pouco para ver o filme. Assim, deu para perceber no momento, que os efeitos estavam bons e tudo mais, mas admito até que eu não estava confiante na atuação de Lily James, maaaas…

Maaaaas… Ao Assistir ao filme…

Quando vi o filme, tudo realmente mudou, povo. O cenário, a fotografia está um verdadeiro encanto. Simples e delicado, como se sugerira, desde os contos falados para nós quando pequenos, o quão simples e amoroso era o lar de Cinderela e seus pais. Em se tratando de cenário e fotografia, posso complementar ainda que ficou muito rico, evidenciando bem o contraste do antes e depois da chegada da nova esposa e de suas duas filhas, a diferença de estilos de vidas e tudo mais.

cinderela1

Enquanto ao enredo não se mudou muito da história original já retratada pela Disney com a animação de 1950, e as pequenas adaptações feitas no roteiro foram muito bem escolhidas, na minha opinião, fazendo com que ficasse mais funcional, vamos dizer assim, para uma adaptação. Inclusive inseriram a interação que Cinderela tinha com os ratinnhos e ficou muito delicado e sensível, sem ficar forçado ou infantil. Ou seja, a palavra certa para esse filme é, ou melhor, as palavras certas são: delicadeza e sutileza.

O elenco e suas respectivas atuações

Então, pessoas… Como eu dissera, eu não estava nada confiante sobre a atuação de Lily James (e admito, um preconceito meu, uma vez que nunca vira algum trabalho dela), e ela me surpreendeu muito com a singeleza que foi a atuação dela. Posso dizer que ela interagiu muito bem com Richard Madden, o príncipe (ou, se preferirem, Robb Stark) e gostei bastante dele, também. Ah.. Uma coisa que eu achei sensacional, foi o relacionamento dele com o seu pai no filme, o rei, deu um toque bem especial e emocionante.

Cinderella-2015-Lady-Tremaine

Agora, por mais que Lily James e Richard Madden tenham marcado uma ótima presença no filme, admitirei que, quem roubou a cena foi Cate Blanchett, como a ardilosa Lady Tremaine. Todos já estão cansados de saber que ela é uma ótima atriz, mas, a elegância de sua atuação, não teve para ninguém. Ela, realmente foi crucial para o filme! E outra que rouba a cena por onde vai, é Helena Bonhan Carter, nossa querida Fada Madrinha que nos deu muito graça ao filme. As irmãs postiças tiveram uma participação bem apagada, mas mesmo assim, não diminuiu o brilho do filme.

0312-bonham-carter-cinderela-destak

Então, coxinhos e coxinhas, espero que vocês realmente cogitem em assistir ao filme que, conseguiu renovar o velho clássico, de maneira graciosa e discreta (quer dizer, menos pelo falatório da cintura de Lily James), mas que ficou muito bonito e encantador, eu pelo menos gostei e que ainda é um filme nerd com a namorada de Matt Smith como Cinderela e o namorado de Jenna Coleman, a Clara, como o príncipe (que é o Robb Stark) e a Galadriel, como a madrasta… Até mais, pessoas lindas e espero que gostem do filme!

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você