Durante a edição 2014 da Pixel Show, organizada pela Zupi, tive contato com a arte do austríaco Nychos. Tive o prazer de presenciá-lo durante a Feira de Arte em uma exibição de Live Painting e na Palestra que veio depois, no mesmo dia. O artista me deixou impressionada com a facilidade com que o seu traço flui! Fiquei admirada ao ver um quadro complexo, que em vários pontos do processo já teriam me deixado satisfeita com o resultado obtido até aquele momento, ser feito em cerca de 30 a 40 minutos, sem nenhum rascunho,  apenas rápidas observações!

Nascido na Áustria, Nychos é um artista cuja história peculiar foi ganhando múltiplos significados ao longo da sua evolução como pessoa e em sua consolidação como artista. Sua família caçava, uma situação que o colocou em contato com a morte bastante cedo. Aquilo que muitas pessoas considerariam cruel ou até ruim exibir aos olhos de uma criança, fazia parte sua rotina diária, era simplesmente natural em sua casa.

Quando ele tinha uns seis anos, encontrou um cordeiro morto no lixo, cujo corpo estava sendo comido por vermes com a mesma cor da pele do animal. Essa experiência o fascinou. Ele se deu conta da “beleza” que havia na mistura sutil e diferente dos corpos mortos poderem abrigar seres vivos para comê-los.

Nychos

Assim, ele cresceu ciente de que poderia brincar com os animais onde morava num dia e tê-los em seu prato no outro. Isso o fez desenvolver interesse pela anatomia dessas criaturas. Foram experiências que se tornaram símbolos de seus trabalhos nos dias de hoje.

Mas a TV, ele declara, também teve relevância em seu desenvolvimento artístico e pessoal. Um desenho, com referencias à obra de George Orwell, A Revolução dos Bichos, o impressionou, embora ainda fosse imaturo para entender a profundidade da mensagem. Mas aos dezenove anos, quando ele começou a sofrer convulsões, um coelho apareceu e o fez lembrar do programa. Foi então que ele percebeu “o que fazer”. Começou a criar suas ilustrações de animais dissecados e fundou o projeto “RABBIT EYE MOVEMENT” (REM), que resume a ideia de destruição criativa e desintegração da sociedade. O projeto continua a crescer e o trabalho de Nychos está em constante evolução, com a anatomia sempre figurando como uma parte fundamental.

.

Bem, Nychos realmente cria obras impressionantes! Com o trabalho dele em mente, só posso me despedir dizendo: FOLLOW THE WHITE RABBIT! 😉

Compartilhe: