A personalização chegou ao mundo animal e nossos melhores amigos ganharam espaço no mercado consumidor e passaram a ter produtos e serviços exclusivos para eles. O Brasil é o quarto país com o maior número de animais de estimação e o segundo maior quando o assunto são cães e gatos. A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), estima que o país tenha mais de 37,1 milhões de cachorros e quando peixes, aves e gatos entram na conta, o cálculo chega a 106,2 milhões. É muito peludinho e amiguinho pet por aí 🙂

Um levantamento feito pela Associação avaliou que o mercado pet movimentou, em 2014, cerca de R$ 16,63 bilhões, onde os serviços contribuíram com 17% da receita. Atentos a esse potencial de consumo e a um mercado ainda pouco explorado, empreendedores criativos lançam novos produtos e serviços e apostam na paixão que brasileiro tem pelos seus bichinhos. Veja abaixo seis novidades criadas especialmente para o mundo pet.

Padaria e petiscaria – Já é possível encontrar no mercado estabelecimentos focados apenas no atendimento do seu cachorro. Esse é o caso da Pet Bonosso, a primeira petiscaria para cachorro. É isso mesmo, você não leu errado. A franquia tem a missão de vender petiscos, como ossinhos, biscoitos, guloseimas, doces e salgados. Outro exemplo são as padarias, como a The Dog Bakery e a Padocão, com vitrines recheadas de guloseimas. Entre elas, bolos, salgados, tortas, biscoitos, tudo fresquinho e preparado com ingredientes saudáveis para os pets.

Alimentação alternativa – A preocupação com a alimentação saudável também já chegou ao mundo animal. VegPet, por exemplo, é um pet shop online 100% vegetariano. Desde ração até petiscos, acessórios, coleiras, camas e brinquedos, a marca oferece um gama completa de produtos sustentáveis e saudáveis a um preço acessível. Na mesma linha de oferecer uma alimentação saudável está a Cãolinária, um empresa especializada em alimentação caseira natural para animais de estimação. A empresa desenvolve receitas e cardápios capazes de nutrir e não só alimentar nossos bichinhos.

Academia – Quem diria, nem nossos fiéis companheiros fugiram dos efeitos da vida sedentária em uma cidade grande. O jeito então é levá-los a uma academia. A Acãodemia nasceu em Curitiba e funciona como uma creche para cachorros, onde em uma área de 200m² ao ar livre os animais passam o dia interagindo com outros cachorros e podem brincar e correr à vontade. Com tanta atividade, não sobra espaço para a obesidade canina, um dos problemas que mais tem preocupado os donos.

Mundo pet

Clube de assinaturas – Esse é um serviço que tem se popularizado e ganhado força no Brasil e, claro que a novidade chegaria para nossos animais. A LikeBox é um clube de assinatura exclusivo para cachorro, onde uma vez por mês o assinante recebe em casa uma caixa cheia de produtos, como brinquedos, acessórios, produtos de higiene e snacks. A caixa é montada de maneira totalmente exclusiva, de acordo com o perfil de cada animal e a partir de um formulário preenchido pelo dono nos passos iniciais da assinatura. Informações como nome, idade, raça, temperamento e peso são coletadas. A seleção dos produtos se renova mensalmente, de modo que o pet nunca ganhe o mesmo brinquedo.

Fotografia profissional – Nós adoramos registrar momentos especiais e nossos mascotes, é claro, também merecem esse mimo. Já existem no mercado empresas de fotografia especializada em animais. É o caso da Click Pets. O negócio já existe há alguns anos e a empresa atende tanto pessoas físicas e jurídicas, peças publicitárias, pet shops, fábricas de alimentos e acessórios. A sessão dura pelo menos uma hora, mas muitas vezes contato com o bicho deve começar horas antes do ensaio para estabelecer confiança e deixar o animal à vontade.

Mundo pet

Aplicativo – Com o objetivo de promover a causa da adoção de cães, tema que está em alta para todas as idades e estilos de vida, nasceu o Au.Dote, o primeiro aplicativo de adoção exclusivo para cachorros. Gratuito e disponível para iOS e Android, a ideia é unir ONGs e instituições que oferecem animais para adoção com pessoas interessadas ao alcance de um clique. Os cães são apresentados em perfis e é possível filtrar por localização, ONG, raça, idade e sexo. Caso o interessado goste de um deles, pode tocar na foto e acessar outras informações, como vacinas, histórico do animal e contato. Se houver real interesse na adoção, o usuário pode clicar no coração para “favoritar”, desta forma, a ONG responsável já recebe automaticamente um email notificando que existe um interessado naquele cão, que também fica arquivado no perfil do usuário como um de seus cãezinhos favoritos para adoção. Apenas as organizações e instituições aprovadas podem oferecer os animais pela plataforma. Desde seu lançamento, o aplicativo já conta com mais de mil cachorros cadastrados provenientes de parcerias com diversas organizações. Todas as ONGs estão convidadas a participar do aplicativo, basta enviar um email mostrando interesse para: atendimento@doglikers.com.br

Compartilhe: