HORA DE SENTIR O CHEIRO DE NAFTALINA DA MELHOR NOSTALGIA MUSICAL QUE VOCÊ VERÁ!

Lá quando eu jovem rolava muita música boa, e quando digo rolava eu quero dizer que o agito era coisa seríssima! Não sei aí na terra de vocês, mas a gente ia pra escola em ônibus escolares nada legalizados pela polícia, era divertido e muito da hora! (Pelas expressões idiomáticas nesta postagem será possível perceber a idade musical dessa que vos fala!)

Enquanto você tá aí acham que Despacito é o hit máximo das paradas latinas, quero lhes apresentar: Daddy Yankee – La Gasolina

Daddy Yankee sempre maravilhando com as letras divertidas e ritmo cativante! Era pra balançar o esqueleto. DAME MAS GASOLINA!

Hoje em dia tem Chainsmokers, as músicas são ótimas, as raves deles são ótimas, o ritmo é incrível, MAS… Benny Benassi!

A gente que é das antigas adora soltar um: “na minha época…” E desculpem, mas era bom mesmo! Nao lembro de ter dançado música latina pancadão em lugar algum, provavelmente porque naquela época eu estava me balançando ao som de Benny Benassi!

Ah, Satisfaction foi, definitivamente, o hit o que me fez amar Benassi. Todos os clips super sensuais com ritmo hipnótico! Se você nunca foi numa rave do Benassi… Babe, começa a vida de novo!!!

Divas, divas e divas, eu poderia começar falando da Madonna, mas ela inventou a palavra diva, se você procurar no dicionário, lá na definição tem escrito: Madonna! (Não achou? Atualiza o dicionário!)

Beyoncé continua reinando, nada nisso me surpreende, por motivos de: maravilhasauer, né mores? Mas como idade as vezes é sabedoria, pelo menos musical, vou conter-lhes sobre: Destiny’s Child! Yes, gawd!

Anote aí e dá play: Bills, bills, bills! Vídeo clipe bapho! Coreografia deliciosa e amores? Beyoncé nos primórdios da MTV. Resumindo: eu danço, tu danças, elas ahazam!

A Banda Mais Bonita da Cidade? Gracinha, né? Mas vocês tem um minuto para ouvir a palavra de Bidê ou Balde?

Música era muito mais que refrãozinho mamão com açúcar! Era música do começo ao fim, era uma poesia de proporções catastróficas, refrãozinho pra tocar o coração e colocar o play num looping eterno. A gente cantava e bebia vinho e achava a vida tão difícil, e nem tinha emprego fixo, hahahahahahah

Anote e da play: “Mesmo Que Mude” Porque? Porque todo dia merece amor, mesmo que mude.

Já que estamos falando de música nacional, meus ouvidos se lembraram, orgasticamente, de Cansei de Ser Sexy! Não, gente! Não eu, a banda! Os melhores hits divertidos que a gente mal podia esperar tocar nas baladas dos tempos antigos! Todo final de semana pulando na vitrola tinha Alala!

Me recuso terminantemente a comparar CSS com qualquer banda da atualidade! Eles são únicos, eternos e musos da música nonsense!

Então anota e da play: Cansei de Ser Sexy – Superafim!

Ed Sheeran super líder das baladasfazemagentechoraratedoeraalma e a gente fica aqui achando que ninguém jamais conseguiria superar ele, né? Mores, moooooores, deixa a tia apresentar para vocês o senhor supremo das lágrimas colossais e inundador de oceanos lacrimais: Mr. Jeff Buckley!

Sabe aquela música que você escuta a intro e chora? Escuta a primeira frase e desaba? Aquela música que te lembra dos seus momentos mais apaixonados? Jeff Buckley inventou a depre musical, gente! Poesia + música + vocal desolado + amor + lágrimas + caos emocional!

Anota e da play: Jeff Buckley – Lover, You Should’ve Come Over!

Quer saber de uma coisa? Esse post tá ficando enooooorme, então eu vou parar por aqui e continuo semana que vem!

Beijos com gosto de naftalina!

Veja mais sobre Música