A Netflix em conjunto com a Grace: A Storytelling Company e a Beyond International anunciam hoje o lançamento da série original de animação inspirada no ilustre catálogo de músicas da Motown. O projeto, ainda sem título, apresenta um universo fantástico criado por Josh Wakely, diretor e produtor, com curadoria da lenda da Motown, Smokey Robinson, que assina também a produção musical executiva, escolhendo os interpretes e as músicas de cada episódio. Os episódios da série serão baseados em versões de clássicos criadas por artistas contemporâneos, incluindo hits de estrelas como o próprio Robinson, Marvin Gaye, The Jackson 5, Lionel Richie, The Supremes, The Temptations, Stevie Wonder entre outros. A animação estreará globalmente pela Netflix.

Robinson, que é um dos compositores, produtores e músicos mais bem-sucedidos e aclamados de sua geração e que tem desempenhado um papel fundamental no impacto cultural da Motown desde os primórdios da gravadora, explica: “Estou muito feliz por fazer parte desta nova série maravilhosa que vai abraçar a magia da Motown e apresentar nossas músicas para toda uma nova geração de fãs e suas famílias. Estou muito impressionado com a visão criativa de Josh e mal posso esperar para espalhá-la pelo mundo“.

Em um universo repleto de melodias incríveis, o projeto gira em torno das aventuras impressionantes de um amável e tímido menino de oito anos, chamado Ben, que possui uma habilidade artística extraordinária de trazer a arte de rua para a vida. Ben e sua família vivem na cidade imaginária de Motown, inspirada em Detroit e sua rica herança musical. Embalados pelas clássicas canções, Ben e seus amigos Angie e Mickey  descobrem a magia da criatividade enquanto trazem brilho de volta à sua cidade e aprendem lições de vida.

“Josh e sua equipe fizeram um trabalho incrível intercalando canções icônicas com narrativas convincentes, permitindo que as crianças aprendam e que as famílias possam desfrutar da série juntos”, disse Andy Yeatman, diretor de conteúdo original infantil na Netflix. “Nós procuramos contadores de histórias que assumam a responsabilidade de criar conteúdo para que a próxima geração de crianças se apaixone, e este projeto contempla perfeitamente esse objetivo”.

Além da sua célebre história, o selo Motown acumulou dezenas de números 1 nas paradas de sucesso, incluindo ABC, My Girl, Please Mr. Postman, You Can’t Hurry Love, Reach Out I’ll Be There, e I Heard it Through the Grapevine. Wakely garantiu os direitos de milhares de composições tiradas da lendária Jobete Music Company Inc. e da Stone Diamond Music Corporation em um acordo com músicas da EMI (Austrália) Pty Limited. A trilha sonora da primeira temporada será lançada pela Melodia / Motown Records junto com a estreia da série, que ainda será anunciada.

“Eu cresci ouvindo as músicas da Motown, e estou muito grato por essa oportunidade em fazer personagens e histórias inspirados nessas canções”, disse o idealizador e diretor Josh Wakely. “Usando o talento que temos a bordo atrelado à plataforma global Netflix, nosso objetivo é criar algo extraordinário que tenha apelo para várias gerações.”

Juntamente com Beat Bugs, série que traz faixas inspiradas pelos Beatles, e conta com covers de Eddie Vedder, P!nk, Sia, Rod Stewart, Jennifer Hudson, James Corden, esse projeto Motown é a segunda série musical da Netflix produzida por Wakely e a Beyond. Beat Bugs estará disponível para streaming na Netflix em todo o mundo em 3 de agosto, no mesmo dia em que a trilha sonora da primeira temporada será lançada pela Melodia/ Republic Records com exclusividade pela Apple Music.

Não deixem de comentar aí embaixo, na nossa página no Facebook e nas outras redes sociais:. Como diriam agora Cris e Panda: é tudo COXINHANERD (tudo junto mesmo!)

Leia mais sobre Netflix