Mulheres que arrebentaram em 2015!

Mulheres que arrebentaram em 2015!

O ano de 2015 está acabando e, como pudemos perceber, as mulheres estiveram super presentes (quase dominantes) no cinema e na TV. O ano de 2015 acabou se tornando um grande marco na história da cultura pop e pudemos aplaudir o abandono de determinados conceitos sexistas que estávamos tão acostumados! As garotas, atualmente, dominam e provam que talento e profissionalismo não é uma exclusividade dos homens! Elas têm lugar cativo agora na cultura e na mídia, coisa que sempre deveria ter tido!

Passamos do preconceito para a admiração e isso é um grande salto para a humanidade! Nós, coxinhos, preparamos uma lista de Super Mulheres – que arrancaram nossos suspiros não pela beleza (ou não apenas), mas por atuações brilhantes, por momentos emocionantes, por trabalhos lindos e dignos de premiações, por discursos cheios de conteúdo e inteligência, enfim… 2015 foi o ano das mulheres e vamos mostrar isso para vocês! Vem comigo!

Peggy Carter

Peggy Carter começou como um interesse amoroso do Capitão América no filme do herói, mas acabou se destacando e ganhando uma série solo. Sendo uma agente do governo, Peggy é uma mulher que vive em um universo extremamente masculino mas que nem por isso deixou de mostrar seu valor.

Peggy Carter

Rey

Rey não só conquistou o coração dos nerds, como também se tornou uma das melhores protagonistas de Star Wars. Não sabemos muito sobre ela, mas sabemos que a personagem representa a força dentro de todas as garotas.

Rey

Jessica Jones

Jessica  foi a primeira super-heroína da Marvel a assumir a frente em uma serie de televisão, algo que só se realizou graças à parceria entre a Marvel, ABC e a Netflix. Jones é defeituosa e forte perante seus demônios interiores e isso a torna muito mais linda e complexa para os fãs.

Jessica Jones

Imperatriz Furiosa

Quem roubou a cena no novo filme de Mad Max este ano foi a Imperatriz Furiosa de Charlize Theron. Com uma grande performance, a atriz rompeu uma linha entre heroína e vilã com muita ação e garra.

Imperatriz Furiosa

Joy

Baseado em fatos reais, Joy é a protagonista de uma jornada repleta de desafios para se tornar uma grande empresária de sucesso. Essa é uma história sobre “vitória na vida” que deveria ser vista por todas as mulheres (e homens – por que fazer sexismo reverso?).

Joy

Claire Dearing

Correndo perigo, mas sem sair sair do polêmico salto, Claire mostrou em Jurassic World que você pode fazer qualquer coisa sem deixar de ser feminina.

Claire

Qual a sua preferida? Comente aqui embaixo! E que venham as mulheres poderosas de 2016 que nossos corações estão abertos para elas! 🙂

Arthecia Ferreira
por

Arthecia Ferreira

Fã incondicional dos Simpsons, só tenho Iron Maiden na playlist, incluindo meus dois álbuns favoritos, que são: The Final Frontier e The Boook of Soul! Sou a favor de Pizza hoje, Pizza amanhã, Pizza sempre!

Recomendamos para você