A TRETA PELA MULHER-MARAVILHA!

O filme solo da maior heroína da história estreou no mês em junho e já chegou causando o maior alvoroço. Imediatamente após seu lançamento, a DC Comics anunciou uma sequência que foi confirmada nessa última San Diego Comic Con 2017.

Mas parece que o sucesso do filme solo da Amazona não agradou a todos. E uma dessas pessoas que não gostaram do filme foi o lendário diretor James Cameron (Titanic e Avatar).

Cameron comentou em uma entrevista ao site britânico The Guardian que o filme era um verdadeiro retrocesso.

“Ela é um ícone objetificado, é a Hollywood masculina fazendo a mesma coisa de sempre! Não estou dizendo que não gostei do filme, mas, para mim, é um passo para trás. Ela [Sarah Connor de O Exterminador do Futuro] não era um ícone de beleza. Era forte, com problemas, uma mãe terrível e ela ganhou o respeito do público. Para mim, [o benefício de personagens como Sarah] é tão óbvio. Quer dizer, metade do público é feminino. “

A repercussão da opinião de Cameron foi tão grande que fez Patty Jenkins, diretora do filme da Mulher-Maravilha, dar sua resposta em sua conta oficial no Twitter.

“A incapacidade de James Cameron entender o que Mulher-Maravilha é e o que significa para mulheres de todo o mundo não é uma surpresa, já que, apesar de ser um ótimo cineasta, ele não é uma mulher. Mulheres fortes são ótimas. Os elogios dele para o meu filme Monster: Desejo Assassino e nosso retrato de mulheres fortes, ainda que problemáticas, foi tão apreciado. Mas se as mulheres sempre precisam ser difíceis, duronas e perturbadas para serem fortes, e não estamos livres para sermos multidimensionais ou celebrar um ícone para mulheres do mundo todo por ela ser atraente e amável, não chegamos muito longe, não é mesmo? Acredito que mulheres podem e devem ser TUDO, assim como protagonistas masculinos devem ser. Não há um tipo certo ou errado de mulher poderosa. E o grande público feminino que fez esse filme ser o sucesso que é certamente pode julgar e escolher os seus próprios ícones de progresso. “

Pelo que parece, essa treta ainda vai dar muito pano para manga, visto que o filme, além de ser um sucesso de crítica e público, mostra com objetividade o empoderamento feminino crescente nos cinemas.

A sequência de Mulher-Maravilha chega aos cinemas dia 13 de dezembro de 2019 e deve se passar durante os anos 80.

Veja mais sobre DC Comics e Filmes

Compartilhe: