Bom dia ! Acessei a Globo.com hoje e dei de cara com a notícia desta moto, sem ler o que dizia a matéria eu já queria a moto! 🙂 Tem como?
De acordo com a matéria, a moto foi desenvolvida pela designer Madella Simone e possui um conceito ecológico de abastecimento bastante curioso.
Bom, a moto é elétrica, mas incrivelmente ela não depende de tomadas para abastecimento e sim do motorista que será utilizado como fonte de energia. (Fala sério, pode ser até estranho, mas que é muito maneiro, isso é…)
 
A matéria faz até mesmo uma menção aos fãs de Matrix (filme onde seres humanos eram utilizados para o mesmo fim) e informa que de acordo com a designer “a moto funcionaria como um grande conversor de energia”.
“A moto é equipada com uma camada de material piezoelétrico- responsável por captar a energia potencial gravitacional do motorista e a cinética – e uma camada de fibra de Halite – capaz de absorver calor gerado pelo corpo humano (como em Matrix) e do ambiente – todas as energias recebidas seriam convertidas em energia elétrica pela moto, capaz de por em funcionamento os motores independentes presentes em cada roda da Tesla E-Max.”
De acordo com a designer “a moto dispensaria totalmente o abastecimento com o combustível que conhecemos hoje”. Para complementar, as rodas seriam fixadas na moto através de cabos e não de hastes de metal.
Infelizmente a matéria é concluída informando sobre a improbabilidade da confecção desta moto… Acho que os seres humanos ainda não estão preparados para assumir seu papel junto à mãe natureza de emissão de calores… Rssss…. Adorei essa matéria e a moto principalmente, se eu tivesse grana o suficiente e se essa moto fosse fabricada, eu ficaria na fila eterna para aquisição…! 🙂
(Fonte: Globo.com)
Compartilhe: