O drama musical ‘POSE’, exibido no Brasil pelo FOX Premium, vai muito além do glamour, das roupas extravagantes e do ‘vogue’. A série conta com o maior elenco de atores transgêneros da história e aborda temas extremamente atuais e necessários, bem como personagens com histórias únicas e complexas.

O pano de fundo da série é passado no universo dos bailes da comunidade LGBT de Nova York no fim dos anos 80 (primeira temporada) e início dos 90 (segunda temporada). Ainda assim, o enredo debate questões da época que são pautas bastante atuais para os dias de hoje.

E se você ainda não assistiu, listamos aqui 5 motivos para começar agora sua maratona:

1. ELENCO

Pose tem o maior elenco LGBTQ+ da história (até o momento), E se antes personagens do gênero eram interpretados por atores Cis, em Pose isso é bem diferente.

2. INTOLERÂNCIA

O preconceito à comunidade LGBT como um todo é um dos protagonistas dos noticiários no mundo todo, refletidos em atos de violência e intolerância. Em “POSE” a situação é retratada em situações do dia a dia e que são bastante comuns ainda hoje.

3. POLITIZAÇÃO

A marginalização de mulheres trans, que trabalham na indústria do sexo e da erotização para poder sobreviver, é uma das histórias contadas em “POSE”. O tema bate na porta de órgãos públicos, principalmente de grandes metrópoles mundiais, onde ainda é possível ver mulheres trans se prostituindo nas ruas, além de outras situações semelhantes.

4. CONCEITO DE FAMÍLIA

A heterogeneidade do conceito de família e as mudanças dos padrões tradicionais é também um tema atual apresentado na trama. As casas que participam das disputas nos bailes têm em comum a presença de uma “mãe”, que recebe jovens e outras pessoas da comunidade LGBT que foram rejeitadas por suas famílias originais, por causa de sua orientação sexual. Nelas, são tratados como filhos e orientados que todos devem apoiar e contar uns com os outros.

5. MUSICAL E FIGURINO

Além de se tratar de um drama impactante e necessário, a produção mescla tudo isso em um cenário musical envolvente com figurinos deslumbrantes.

Nova Iorque, 1986. As pessas experimentam um estilo de vida nunca visto antes na história da cidade, onde se começa a instaurar a ascensão da cultura de luxo. Paradoxalmente, esta parte da sociedade que vivencia o aumento do consumo e de privilégios entra em conflito com outro segmento, que enfrenta o declínio da literatura na região.

Pose está disponível para assinantes do Fox Premium.