O universo do terror de Hollywood pode ser mais perigoso do que parece. Ao longo dos anos, foram diversos sucessos do gênero lançados nos cinemas, deixando o público apavorado dentro das salas de cinema. Mesmo sabendo que tudo não passa de ficção ou computação gráfica, é impossível conseguir separar o subconsciente da realidade no momento da cena. Mas será que tudo não passa de ficção? Algumas coincidências marcaram o set de gravação de alguns filmes de terror, que tornaram-se um marco por isso.

O número 3

Invocação do Mal e Annabelle estão envolvidos dentro de um mesmo universo bizarro. Baseado em contos reais, nas anotações do casal Ed e Lorraine Warren, os membros da família Perron visitaram o set na vida real. A mãe, Carolyn, preferiu não ir e ficou em casa, mas no exato momento em que os Perron chegaram, um vento repentino surgiu e Carolyn, em casa, teve um mal súbito. Ela foi parar no hospital.

E não acabou aí. O hotel em que parte da equipe estava hospedada sofreu um pequeno incêndio. Como se já não fosse suficiente, Vera Farmiga garante ter visto 3 marcas de arranhão surgirem na tela do seu laptop enquanto lia o script e as mesmas marcas apareceram em sua coxa ao final das filmagens. No ano seguinte, enquanto Annabelle era filmado, o diretor alegou ter visto as marcas de Vera em uma janela da casa. No mesmo lugar, um pedaço de uma luminária caiu e machucou o zelador. O problema? No roteiro, um zelador era morto pelo demônio naquele cômodo.

Mortes no set

O sucesso de Poltergeist se deu não apenas na frente das câmeras. Os três filmes produzidos pela franquia nos anos 1980 foram considerados amaldiçoados por usarem esqueletos de humanos reais nas gravações. Tragédias aconteceram e a explicação usada foi o sobrenatural.

A primeira morte foi a de Dominique Dunne, atriz que interpretava a irmã mais velha da personagem principal Carol. Ela foi assassinada pelo namorado meses depois da estreia. A segunda perda foi a do ator Julian Beck, que morreu de câncer de intestino poucos meses antes da estreia do filme. A terceira foi ainda mais curiosa. O ator Will Sampson fez uma cerimônia de limpeza no set para tentar acabar com a maldição. Ele interpretava um xamã em Poltergeist 2 e assim o fazia também na vida real. Sampson morreu de complicações cirúrgicas no ano seguinte.

A maior das tragédias aconteceu poucos meses antes de Poltergeist III. Heather O’Rourke viveu a pequena protagonista do filme e teve uma infecção generalizada graças a uma grave obstrução intestinal. A menina tinha apenas 12 anos quando faleceu.

Maldições

O remake de O Horror em Amityville veio carregado de sobrenatural. Lançado em 2005, o filme ganhou a visita da polícia logo no início das filmagens. O motivo? Um corpo submerso foi encontrado nas proximidades do set. Ryan Reynolds afirmou que acordava toda madrugada por volta das 3h15. Basta assistir a produção para entender o que o horário significa. Além disso, Kathy Lutz, a mulher que inspirou a personagem de Melissa, morreu na primeira semana de filmagem. Ela tinha apenas 58 anos, enquanto seu marido, o George Lutz real, morreu com 59 anos, no ano seguinte.

Já em A Profecia, de 1976, o ator Gregory Peck perdeu o filho antes mesmo de entrar no set. O menino cometeu suicídio. Ao viajar para Londres, para o começo das filmagens, seu avião foi atingido por um raio. O mesmo aconteceu com a viagem dos produtores, em uma aeronave diferente. Ninguém morreu.

E para finalizar os mistérios do filme de 76, o carro do coordenador de efeitos especiais do filme se envolveu em um acidente. John Richardson criou uma cena em que um fotógrafo morre decapitado em um carro. Quando a filmagem acabou, ele e sua assistente já estavam trabalhando em outro filme e bateram o carro. Ele sobreviveu, mas a assistente, Liz Moore, foi atingida pela roda dianteira e cortou seu corpo no meio.

Mistérios

Todos conhecem a história de Sharon Tate, contada em Era Uma Vez em…Hollywood. Sua morte também esteve envolvida com eventos sobrenaturais. Em Bebê de Rosemary, filme de Roman Polanski, uma mulher grávida descobre que seu marido fez um pacto com um grupo de satanistas e o preço do pacto é a vida do bebê. Um ano depois do lançamento do filme, Sharon foi assassinada pela Família Manson e levou facadas na barriga.

O Exorcista

Não há como falar de maldições em sets de filmagem sem mencionar O Exorcista. O primeiro acidente foi um incêndio que tomou conta do set e obrigou a produção a ser atrasada por 6 semanas. Um detalhe: apenas o quarto de Regan, a jovem possuída, ficou intocado. Em janeiro de 1973, o ator Jack MacGowran morreu em uma epidemia de gripe, enquanto em fevereiro, a senhora que interpretava a mãe do Padre Karras também faleceu.

O irmão do ator que interpreta o Padre Merrin e o avô da protagonista, Linda Blair, também morreram nos momentos próximos ao lançamento do filme. O filho de um membro da equipe foi atropelado por uma motocicleta.

É, não são poucas as coincidências que assombram os filmes de terror.

LEIA MAIS SOBRE FILMES

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x