Em um beco de um distrito ocupado fica um pequeno restaurante chamado Meshiya, apelidado por seus clientes como o Midnight Diner. O restaurante oferece aos seus cliente mais do que uma boa comida, ele tem histórias engraçadas, encontros e desencontros e as melhores imagens de refeições sendo preparadas.

Aberto todo dia à meia-noite, Diner é o paraíso para almas cansadas da cidade de Tokyo, atraindo personagens variados, desde  travestis e mafiosos, empresários furtivos e senhoras atrapalhadas. Dirigido pelo premiado autor Matsuoka Joji, a série traz  um prato japonês a cada episódio. Mas será que vale a pena? Confira três motivos para ver essa série gostosinha da Netflix!

O MESTRE É O MELHOR PERSONAGEM

Em bares japoneses um barman é aquele que ”esconde sua expressão,’ porque ele não impõe sua presença em seus clientes, mas ouve as histórias de cada pessoa, então serve tranquilamente uma bebida que se encaixa a situação. Na série, o mestre interpretado por Kobayashi Kaoru, é um chefe de cozinha que, silenciosamente, ouve as histórias de seus clientes e cozinha uma refeição quente para preencher tanto as suas barrigas quanto seus corações.

Além de se mostrar um personagem maravilhoso, o mestre tem sua própria história e uma longa cicatriz abaixo do olho esquerdo – para a qual não é dada nenhuma explicação, deixando os telespectadores cada mais mais curiosos.

AS COMIDAS DÃO ÁGUA NA BOCA

Os pratos não são sofisticados, mas as refeições são tão simples que lembram de verdade o que os japoneses comem em casa. Se você conhece a cultura japonesa, fica curioso para saber como cada comida é preparada. Na série, temos uma amostra de como as carnes e legumes são preparados até chegar ao cliente. Tudo parece tão gostoso que você fica cheio de vontade de comer – além, é claro, de conhecer outros pratos que não são tão famosos assim.

AS HISTÓRIAS PECULIARES DOS CLIENTES

No começo de cada episódio, somos apresentados aos personagens – sem imaginar a história que eles carregam. Cada episódio é curto e eles abrangem todo o espectro do drama humano incluindo amor, perda, desgosto e auto-descoberta. Os clientes fazem parte de um grupo heterogêneo, mas estranhamente familiar, tanto que você vai conseguir se identificar com eles, seja para rir ou para chorar.

Leia mais sobre os lançamentos da Netflix

Compartilhe: