Um livro para ser ouvido – Metallica: A Biografia!

Um livro para ser ouvido – Metallica: A Biografia!

Salve salve galera desse meu Brasil-il-il. De tempos em tempo aparecem aquelas bandas que realmente mexem com toda uma geração. Seja ela de Pop, Rock, Jazz ou Metal. E dessas que surgem são lembradas para todo o sempre. Esse é o caso da minha banda favorita. A maior das Big Four, a lenda do Trash Metal, os Four Horsemen… O Metallica. Hoje vou falar um pouco sobre a biografia dessa banda magnífica que já está na estrada há 33 módicos anos sempre no topo.

Metallica: A biografia (Mick Wall – Globo Livros – 488 páginas)

metallica

O livro tem uma levada diferente de biografia: Uma banda por completo. O jornalista britânico Mick Wall conta em detalhes sobre a história do Metallica, desde a juventude de Lars Ulrich na Dinamarca (sua terra natal) como um tenista fracassado até os momentos mais épicos da história da maior das quatro Big Four (as outras três são Anthrax, Slayer e Megadeth), suas aventuras pela América em busca da formação de uma banda entre outras coisas mais.

Tambem é retratado no livro de onde surgiu tamanho respeito dos três membros remanescente da banda pelo lendário baixista Cliff Lee Burton e sobre sua morte, os problemas com a entrada de Jason “Newkid” Newsted, o problema que enfrentaram por conta de drogas e álcool e como enfrentaram seus demonios internos. Em certos momentos do livro, o leitor (e fã do Metallica) acaba vivenciando (assim como eu) os momentos mais insanos, mais tristes e saudasos da banda.

O livro tambem conta o processo de criação de todos os álbums (desde o mítico Metallica – conhecido também como The Black Álbum), até o controverso St. Anger, passando, também pelos comerciais Load e Reload e até o Death Magnetic.)
Uma ótima pedida para os fãs de metal e de livros.

E de lambuja vai a nova música dos caras pra vocês; Lords of Summer

See Ya Space Cowboys

Vinny Romanelli
por

Vinny Romanelli

Viciado em games, animes e action figures (NÃO-SÃO-BONECOS). Esse carioca da gema leva o Japão no coração. Quase um gibi ambulante, futuro marketeiro e chato quando chamam animes e mangás de "desenhos para crianças". See ya Space Cowboys!!!

Recomendamos para você