Olá Coxinhos românticos! Mulheres se inspiram em filmes românticos desde que o mundo é mundo e o cinema era mudo! Rapazes apaixonados que lhes entregam flores, surpresas românticas bem no meio da praça da cidade, declarações apaixonadas debaixo de chuva e momentos de sorrisos e descontração na beira do mar. Inúmeras são as referências e repetições de frases e cenas de filmes, momentos que fazem com que namorados e namoradas se apaixonarem e se re-apaixonarem todos os anos.

 

Como uma boa nerd que sou, minha maior aliada em todos os momentos românticos é a imaginação. Ela me ajuda e me arrasa também, dando inúmeras dicas que a vida que imaginamos é muito mais colorida do que a vida real. Para lgumas pessoas isso pode até ser verdade, mas acreditem, aprendi a fazer da minha vida um conto de fadas e aceitei de bom grado todas as alegrias que os momentos românticos podem me proporcionar.

 

Para relembrar alguns dos momentos que sempre nos inspiraram, fica aqui a dica de filmes românticos para a alegria de todos os casais apaixonados. Nem todos são novinhos, aliás, acho que não tem nenhum novinho por aqui, mas são lindos e valem a pena ser vistos com a pessoa amada.

 

Simplesmente Amor ~ O filme inteiro é uma costura de histórias de amor. Mas com certeza a mais original é aquela que Mark (Andrew Lincoln), apaixonado por Juliet (Keira Knightley), esposa do seu melhor amigo, aproveita a época do natal para fazer uma criativa e bem humorada declaração de amor. Lindo né?

 

 

Um Lugar Chamado Notting Hill ~ O filme conta a história do romance entre Anna Scott (Julia Roberts) e William (Hugh Grant), uma famosa atriz de cinema e um vendedor de livros, e todas as dificuldades que envolvem um relacionamento deste tipo. O momento mais bonito do filme é um pequeno diálogo, uma simples e direta declaração de amor que Anna faz a William: “I’m just a girl, standing in front of a boy, asking him to love her” (Sou apenas uma garota, parada em frente a um garoto, pedindo que ele a ame).

 

 

10 Coisas Que Eu Odeio Em Você ~ O filme é uma versão teen moderna de A Megera Domada, de Shakespeare (que também ganhou, no Brasil, uma adaptação para novela, na ótima O Cravo e a Rosa). Na história, uma garota (Larisa Oleynik) só pode ir ao baile de formatura se a irmã casca grossa (Julia Stiles) também tiver um par. Interessado em sair com Bianca, Cameron (Joseph Gordon-Levitt) paga Patrick Verona (Heath Ledger) para conquistar Kat. Apesar do jeito grosseiro e meio bad boy, é claro que ele a conquista, e é claro que acaba também se apaixonando. O filme te duas cenas especialmente belas. A serenata de Patrick para Kat nas arquibancadas da escola, ao som da clássica Can’t Take My Eyes Off You, é de suspirar. Mas a cena que escolhi para esse post é o pema que Kat escreve e de onde sai o título do filme.

 

 

Moulin Rouge ~ O musical que reegueu o gênero em Hollywood é o meu filme favorito de todos os tempos, e a história de amor entre Christian (Ewan McGregor) e Satine (Nicole Kidman) é de cortar o coração. Fica difícil escolher a melhor declaração de amor do longa. Há o primeiro encontro entre Christian e Satine, quando ele a conquista interpretando Your Song, e há Come What May, a canção que serve de código entre os dois. Mas talvez o momento máximo do filme, a mais bela declaração de amor feita pelo personagem de McGregor seja a bela colagem de canções pop em cima do Elefante, que começar com uma Satine cética, afirmando não ser capaz de amar, mas que ao final se entrega totalmente a Christian.

 

 

Diário de Uma Paixão ~ Numa clínica geriátrica, Duke, um dos internos que relativamente está bem, lê para uma interna (com um quadro mais grave) a história de Allie Hamilton (Rachel McAdams) e Noah Calhoun (Ryan Gosling), dois jovens enamorados que em 1940 se conheceram num parque de diversões. Eles foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era um trabalhador braçal e oriundo de uma família sem recursos financeiros. Para evitar qualquer aproximação, os pais de Alie a mandam para longe. Por um ano Noah escreveu para Allie todos os dias mas não obteve resposta, pois a mãe (Joan Allen) dela interceptava as cartas de Noah para a filha. Crendo que Allie não estava mais interessada nele, Noah escreveu uma carta de despedida e tentou se conformar. Alie esperava notícias de Noah, mas após 7 anos desistiu de esperar ao conhecer um charmoso oficial, Lon Hammond Jr. (James Marsden), que serviu na 2ª Grande Guerra (assim como Noah) e pertencia a uma família muito rica. Ele pede a mão de Allie, que aceita, mas o destino a faria se reencontrar com Noah. Como seu amor por ele ainda existia e era recíproco, ela precisa escolher entre o noivo e seu primeiro amor.

 

 

Você vai gostar também de:

 

young jedi we're the millers MOSQUETEIROS giovani improtta

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

Qual o seu filme preferido??
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter

Compartilhe: