SUA MENTE VAI EXPLODIR!

Um filme não precisa ter um plot twist bom para ser marcante, mas isso é sim algo que ajuda muito e faz ele grudar na mente e te faz pensar por dias. Umas mais fracas e outras mais fortes, toda reviravolta faz você rever o filme inteiro para reparar melhor nos detalhes. E, querendo ou não, são os detalhes que fazem a sua mente dar três carpados invertidos e explodir em vários pedaços de beringela. Vamos ver um pouco mais de alguns dos melhores plot twists do cinema!

CINEMA | VOCÊ SABIA QUE OS FILMES RUINS, SÃO BONS?

ZUMBIS | OS MELHORES FILMES E SÉRIES COM OS MONSTROS!

Vamos começar com algo recente, porque quem vive de velharia é museu. Os filmes antigos vem depois, só para deixar claro. Infelizmente não temos tantos filmes atuais com reviravoltas realmente boas. Vamos aproveitar as duas obras primas de Jordan Peele: “Corra!” e “Nós!”. Eu não pretendia colocar Corra! aqui, porque o plot twist dele é crescente. Você vai descobrindo uma coisinha de cada vez, as suspeitas vão aumentado e então é revelado o segredo. Mas, depois de conversar sobre o assunto, eu decidi colocar em respeito ao filme e ao trabalho incrível do diretor.

Então vamos nessa. Corra! Foi o filme que destacou o nome de Jordan Peele e marcou a história dos filmes de terror, que estavam meio mortos e sem novidades. Todos eles focavam apenas nos jumpscares, espíritos e demônios. Não tem como negar que estava faltando inovação no mercado. O filme sobre o garoto negro que namora uma menina branca que tem uma família estranhamente racista revela, mais pro final, que todos os negros eram usados como fantasias para brancos velhos.

Essa é a grande reviravolta da trama. Mas como eu disse mais cedo, muitos anos atrás, as coisas vão sendo reveladas aos poucos. Oque choca e cria a sensação de mente explodindo, pra mim, foi a cena do leilão, que acabou deixando tudo mais claro sobre as patifarias que ali aconteciam! Outra parte que é ótima, mas nada reveladora, é a parte da empregada olhando pela janela e o caseiro correndo loucamente por aí. Então é um filme que tem alguns momentos que te colocam para pensar, mas, em geral, ele vai escalando as revelações e faz uma obra que mantém a tensão o tempo inteiro.

Vou deixar o outro filme do Jordan Peele para o final. Pretendia falar agora, mas mudei de ideia. Vou falar então de um clássico dos plot twists. Provavelmente o mais famoso do cinema. Dirigido por David Fincher, Clube da Luta é dono de uma das reviravoltas mais esquizofrênicas da história, literalmente. Quem iria imaginar que os dois caras, na verdade, eram só um cara. Eu já fui ver o filme sabendo disso, mas minha cabeça acabou explodindo do mesmo jeito, porque é algo que acontece do nada em uma sequência sensacional!

Chega de falar de Clube da Luta, já é um tema muito batido para ficar mais de 30 segundos falando sobre um filme que todo mundo já viu e sabe tudo. Mas quem não viu e tiver um tempo para dar uma chance, veja. Dificilmente o arrependimento vai bater. Agora, se você quer um filme bem bobo, mas com um plot twist bizarramente incrível na cena final, você precisa ver O Nevoeiro, do Stephen King.

O filme inteiro, tá bem, uns 90% dele, se passa dentro de um mercado. E nesse tempo as pessoas vão sumindo na neblina que tomou conta da cidade e morrendo pro monstro que nunca aparece. Mais onde está o plot twist? Ele está, literalmente, na última cena do longa. Imagina que você consegue fugir desse mercado com outras 6 pessoas. Você dirige até sua casa e vê tudo destruído e sua esposa morta. A decisão mais sensata parece ser cometer um suicídio coletivo. Primeiro você mata o seu filho e depois os seus outros colegas. Mas tem uma coisa que você esqueceu, não sobrou nenhuma bala para que você possa acabar com sua própria vida e encerrar esse sofrimento e solidão. Desesperado, achando que já era, sai do carro e espera ser morto pelo monstro da neblina. É então que a neblina toda sai e o exército aparece para te ajudar. Essa sensação de frustração é oque o filme passa nos minutos finais. Parece ter sido tudo em vão, até porque foi. O filme em si é levemente ruim e trash, mas esse final compensa a jornada. Credo, só de lembrar o clima já ficou pesado.

Vamos falar de algo mais leve então, chegou a hora de falar de “Nós!”, não eu e você, mas sim do filme. Dirigido pelo maravilhoso Jordan Peele, o filme conta a história de uma família tentando sobreviver enquanto luta contra seus próprios clones. Esse é mais um filme em que a reviravolta está lá para o final e te faz repensar o filme todo em seus mais mínimos detalhes, como um assobio aqui e uma palavra ou outra ali.

Você passa o filme todo achando que a personagem principal é um ser humano, aí chega lá no finalzinho, cuidado com os spoilers agora, para descobrir que “a clone”, na verdade é a personagem do mundo real. É bastante confuso explicar isso, mas vendo fica mais fácil. Então aqui vai uma explicação rápida usando o Batman e o Pantera Negra como exemplo. O Batman está no mundo superior, vivendo a vida normal dele. Enquanto o Pantera está no mundo inferior, tipo em uma estação de metro onde tudo é muito bizarro. É então que o Batman resolve ir para longe dos próprios pais e entrar em um lugar bastante suspeito. O Pantera, sem nem entender direito o porque está fazendo aquilo, sobe por uma escada rolante que desce até chegar nesse lugar suspeito. Enquanto anda por esse casa de espelhos, Batman da de cara com Pantera, seu clone do mundo inferior. O Pantera, que não é bobo nem nada, bate no Batman e troca de lugar com ele. Então o Batman, do mundo superior, acaba ficando no mundo inferior e o Pantera, do mundo inferior, substitui o Batman no mundo superior. Com o tempo o Pantera começa a viver normalmente no mundo superior e fica tudo bem para ele. Mas o Batman está furioso e fica anos planejando uma vingança. Batman se alia com os clones do mundo inferior, de onde o Pantera saiu, e todos sobem juntos e começam a matar as suas versões “originais”. Isso tudo porque o Batman, que pertencia ao mundo superior, convenceu os outros clones de que o mundo lá de cima era seu lugar.

Essa é uma descrição básica do filme. Ainda tinha muita coisa para falar sobre ele, mas é o tipo de tema que merece um vídeo inteiro para poder falar de todos os detalhes. Toda essa historinha que eu contei é mostrada durante um diálogo lá pro final do filme, quando as duas protagonistas se enfrentam de verdade.

Em resumo: os plot twists são importantes. E quanto mais detalhados mais eles funcionam. Então se ver algum filme que tenha uma reviravolta forte, pare para pensar nos detalhes, porque sua mente vai se surpreender.

CINEMA | AS MELHORES ANIMAÇÕES DO MUNDO!

Inscreva-se em nosso canal do Youtube, postamos vídeos todos os dias de diversos temas como filmes, séries, tecnologia, eventos, viagens e muito papo divertido! Além, claro, das lives que rolam toda semana por lá! Venha fazer parte da nossa galera Coxuda do youtube: youtube.com/coxinhanerd

ENTRE NOS NOSSOS CLUBINHOS  http://bit.ly/nossosclubinhos

APOIE O COXINHA NERD http://coxinhanerd.com.br/apoia-se

COMPRE SUA COXINHA http://desejonerd.com.br

JÁ ASSISTIU NOSSO ÚLTIMO VÍDEO DO CANAL?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: