CULTURA | Entenda melhor a franquia de LEGO!

UM MUNDO DE DETALHES!

Se tem uma palavra para definir o porquê dos jogos e filmes de Lego funcionarem tão bem quanto funcionam, sem dúvida é: detalhes. Com algumas obras melhores do que as outras, as produções Lego dificilmente decepcionam. Vamos agora descobrir toda a magia do mundo Lego!

Assim como todas as “sagas” e franquias espalhadas por esse mundo do entretenimento, Lego aparenta estar aprendendo com seus erros e acertos ao passar dos anos. Essas mudanças e melhorias são muito mais perceptíveis nos jogos, onde diversas mecânicas mudam, gráficos melhoram e efeitos de luz entram em campo para deixar tudo o mais real possível, assim como nos filmes.

O importante para a construção de um filme Lego de qualidade são os detalhes. E não digo isso focando o roteiro, os personagens ou as piadas. E sim a construção daquele universo construído inteiramente por peças de encaixar. Se tratando de cenários, podem acontecer variações. Pois, Lego NinjaGo por exemplo, se passa em um quintal do mundo real, então acaba que o cenário é o próprio mundo real. Já em Uma Aventura Lego e Lego Batman, que se passam dentro de mundos “imaginários” feitos com as próprias peças, os pequenos detalhes são o que fazem a experiência toda valer a pena.

Tudo acaba sendo sobre manter a verossimilhança, ou seja, fazer com que tudo funcione dentro daquele mundo, mantendo as regras que já foram estabelecidas. Para simplificar: se o filme se propõe a ser inteiramente de Lego, ele deve fazer tudo usando as peças. E é exatamente aí que ele acerta e cria a sua identidade.

BOKU NO HERO ACADEMIA | FILME DO ANIME VIRÁ PARA CINEMAS DO BRASIL!

OS SIMPSONS | DESENHO É CONFIRMADO PARA MAIS DUAS TEMPORADAS!

É um tanto difícil explicar com palavras, mas uma explosão feita inteiramente de peças Lego é um coisa extremamente impressionante de se ver, fazendo até parecer que o filme é um stop-motion, e não uma animação feita completamente pelo computador. Uma outra coisa que dá essa sensação é ver o mar e as fumaças deixadas pelos carros e trens. Tudo é feito inteiramente de Lego de diversos tamanhos e formatos.

Os jogos não conseguem passar toda essa emoção, talvez por não terem uma narrativa tão fluida quanto a de um filme de 2 horas. Isso acontece justamente por ser um jogo, o que cria a necessidade de ter horas onde o jogador assume o comando e quebra o ritmo da história. Por isso acho mais interessante falar apenas sobre os filmes dessa franquia.

E não é por ser feito de Lego que vai ser tão perfeito assim. Tudo depende da produção que aquilo recebeu (e do orçamento, óbvio). Algumas animações, como as de Star Wars e alguns curtas de super heróis, são sim divertidos e interessantes, mas não chegam nem aos pés dos filmes da Warner. Isso acontece pois é preciso de dinheiro para cuidar dos detalhes, é preciso de mais recursos para fazer com que aquilo que faz uma experiência mais rica seja feito com carinho.

Por fim, seja em jogos ou em filmes o universo de Lego tem muito para aprender, melhorar e crescer. Eles sabem o que os fãs realmente querem, mas precisam achar também a melhor maneira de dar isso à eles. Sigam acompanhando os jogos o filmes de Lego para ver toda essa mudança e transformação que está acontecendo com o passar dos anos!

KINGDOM HEARTS 3 | EM UMA SEMANA, JOGO JÁ É O MAIS VENDIDO DA FRANQUIA!

APROVEITE PARA CONHECER NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

CARMEN SANDIEGO | Netflix confirma nova temporada!

  A Netflix está conseguindo criar uma boa carreira no mundo das animações. Primeiro tivemos Hilda, baseada em gibis e, posteriormente, Carmen Sandiego, baseada em um jogo dos anos 80. Agora a super espiã, Carmen Sandiego, acaba de ser confirmada para mais uma...

Quem escreveu?

Lucas M. Mertens

Escritor, roteirista e editor. Um cinéfilo maldito que adora reclamar de diálogo expositivo nos filmes, mas no fim das contas se diverte. Um filme nunca é ruim até que se prove o contrário. Querendo um dia acordar e estar no meio de Hogwarts estudando poções.