A menos de um mês de sua estreia, a série derivada de ‘Com amor, Simon‘, intitulada Love, Victor‘ ganhou seu cartaz promocional. Originalmente o projeto seria lançado pela Disney+, mas após avaliação migrou para a Hulu.

Estrelada por Michael Cimino, agora é alvo de críticas escalar um ator heterossexual para viver um personagem LGBTQ+. A escalação já havia sido questionada inicialmente, quando veio a tona que o ator namorava uma menina. Os fãs logo se manifestaram:

Mas a manifestação negativa se intensificou, quando dias atrás, Cimino, virou capa de uma das maiores revistas LGBTQ+, intitula Gay Times.

A comunidade, se sentiu desvalorizada, já que a série de livros de Becky Albertalli, valoriza, principalmente a representatividade e a inclusão. No entanto, é preciso lembrar que Nick Robinson, ator que viveu Simon nos cinemas, também não é Homossexual.

Em tempos onde a visibilidade de uma causa se faz necessário, talvez Michael Cimino, não tenha sido a melhor das escolhas para o papel.

A trama irá girar em torno de Victor, um novo aluno da Creekwood High School que está seguindo uma trajetória de auto descoberta, enfrentando desafios em casa, se adaptando a uma nova cidade e lutando com sua família e orientação sexual.

Michael Cimino será Victor. O elenco inclui Ana Ortiz, James Martinez, Isabella Ferreira e Mateo Fernandez. Nick Robinson, que atuou como Simon no original voltará como produtor executivo e narrador do original Hulu.

Além disso, uma 2ª temporada já começou a ser roteirizada antes mesmo da estreia da primeira!

Com 10 episódios de 30 minutos cada, ‘Love, Victor’ chega em junho na plataforma.

VEJA MAIS SOBRE SÉRIES