Já cantava a banda da minha vida há mais de quarenta anos: “all we need is love”.  E a regra vale pra todos: nerds, não-nerds, esquisitos, atirados, tímidos, enfim para todos. Talvez para os nerds seja um pouquinho mais difícil, mas hoje em dia acabou aquele mito de que nerd é forever alone.

Não importa se ele é um físico desajeitado e ela uma menina que acredita em signos; se ele era um pegador geral e ela uma jornalista maluca; se ele é um investigador que acredita em E.T´s e ela uma médica cética; se ele é um coreano e ela uma fazendeira que correm atrás de zumbis. Não importa se ela é uma princesa filha do dragão e ele um  guerreiro e líder do povo dothraki;  se ele é um presunçoso piloto de uma nave espacial e ela a princesa e um reino intergaláctico. Há anos nós vemos os casais mais improváveis derramarem amor nas nossas telas e nos fazendo sonhar e suspirar.

O amor é bonito pra todos e por mais que você diga que prefere seu vídeo game, que é casado com a ciência e outras coisas do tipo, todo mundo sabe que ninguém resiste ao amor quando ele chega. Ninguém deixa de soltar um suspiro involuntário quando pensa na tampa da sua marmita ou aquele sorriso maroto quando o ícone do Whatsapp pisca no celular e é aquele nome. Ninguém está imune ao mosquitinho do amor, uma hora ou outra ele te pega.

amor nerd

Por isso nerds, não tenham medo ou vergonha do amor. Por mais estranho que você acha que você seja, vai  existir alguém que ache a sua esquisitice o maior charme do mundo. E se você já  tem a pantufa fofinha que se encaixa perfeitamente ao seu pé gelado, aproveite, curta, dividam comida, bebida, risadas, piadas sem graça, problemas de matemática, experiências de ciências, leituras de gibis. Vão a uma festa a fantasia combinando, a um anime, comer o melhor hot-dog da cidade numa barraquinha, a uma feira de química, a uma bienal de livros. Vão ver um filme esquisito europeu, assistir programas de culinária juntos, visitar um planetário, beber cerveja e comer bacon. Todas as coisas simples e comuns que provavelmente vocês já fazem sozinhos ou com os amigos e se divertem, mas que quando fazem com aquela pessoa, tem uma importância e um brilho todo especial.

amor nerd love

Todo mundo pode perfeitamente ser feliz sozinho. Mas é bem melhor se puder ser com alguém que te permita ser exatamente como você é. Eu ainda não encontrei o meu Sol e Estrelas, mas espero que quando o encontrar, ele saiba que eu seja a Lua da sua vida. Que todos tenham muitos e muitos Dias de Namorados! 😉

POST ORIGINALMENTE ESCRITO PELA COLABORADORA THAIS CRUVINEL.