Recentemente o fenômeno da Hulu, Little Fires Everywhere, estrelada por Reese Witherspoon e Kerry Washington, chegou no Prime video. Nós já assistimos, inclusive, aqui está nossa review sem spoiler!

Mas você sabia que a série se baseia em uma obra literária homônima da autora Celeste Ng? No Brasil o livro é publicado pela editora Intrínseca, e procuramos listar aqui seis diferenças entre a série e o livro que você precisa saber:

MIA
Uma das principais mudanças da série para com o livro, é a declarar a personagem como Negra. No livro, não há essa especificação, inclusive a própria autora afirmou que imaginava a personagem como Branca da obra. A opção de definir ela como Negra na adaptação, foi uma liberdade criativa afim de explorar o tema do preconceito racial na trama.

IZZY
Na série vemos que a personagem sobre preconceito dos colegas e de sua mãe, por conta de sua sexualidade; já no livro esta nunca é mencionada. Ela também é excluída na escola, mas as razões são inúmeras.

Essa mudança, foi apoiada pela autora, que mencionou não ter tido muito espaço de desenvolve-la no livro.

JAMIE
O tal ex namorado de Elena,existe tanto na série quanto no livro. A diferença é que na obra original, ele convida Elena para fugir para a Califórnia, mas ela decide ficar em Shaker, Mais tarde, descobrimos que Jamie foi convocado para a Guerra do Vietnã, com seu destino depois disso não esclarecido. Já na série, ele é jornalista como Elena e trabalha no New York Times, depois de anos acaba a ajudando com informações sobre o passado de Mia.

PAULINE
Esta personagem era a professora de fotografia de Mia, na série elas são somente amigas. Já no Livro, Elas também possuem a dinâmica de professor e aluno, no entanto existe algo além. A primeira experiência sexual de Mia é com Pauline e os dois se tornam amantes.

A MUDANÇA
Na série, vemos as Warren sendo introduzidas na cidade, após Elena as ver dormindo no carro em um estacionamento. Logo em seguida elas a procuram para achar um lugar para alugar. Já no livro, elas só se mudam. E existe uma conexão sobre o passado de Mia e a cidade.

PEQUENOS INCÊNDIOS POR TODA A PARTE
Terminamos a série vendo que Izzi decide colocar o pé na estrada, por conta própria, sem se apoiar em ninguém, depois de contar aos irmãos que a mãe mandou Mia e Pearl embora da cidade, e estes decidem incendiar a casa, com toda a família dentro, inclusive a mãe. Já no livro, que causa o incêndio é Izzy, acreditando que não tinha ninguém em casa.

A cena termina com uma catarse pessoal de Elena percebendo que ela era responsável, ainda que indiretamente, e assumindo a culpa pelo incêndio.

Dois pontos que ficaram nebulosos dentro do show, foi a necessidade de Mia vender a obra DUO, para ajudar Bebe;já que no livro o advogado aceita ajuda-la gratuitamente; e o fato da Mia cometer pequenos furtos de coisas sem relevância da casa dos Richardson, isso também é um ponto que não existe no livro e que não há justificativa na série.

A trama se passa em Shaker Heights, uma cidade onde todos os detalhes são planejados: suas construções, a localização das escolas e até as cores das casas. Com tanta perfeição e regras, ninguém imaginaria que a chegada de uma nova inquilina pudesse abalar de forma tão intensa a estrutura do local. Quando um misterioso incêndio destrói a casa da família Richardson, somos conduzidos ao passado e descobrimos que as primeiras faíscas desse episódio surgiram há muito tempo, com vários pequenos acontecimentos que desencadearam uma teia de segredos, dores e desavenças dentro da comunidade local.

Little Fires Everywhere já está disponível no Prime Video.

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES