Ola coxinhos! Sei que estou há um tempo ausente, mas espero que não tenham se esquecido de mim! Quem me conhece sabe que eu sou um grande fã de cinema e quadrinhos. Por causa disso, não podia deixar de conferir o novo filme do diretor  Jeff Wadlow, o Kick Ass 2, baseado no quadrinho criado por Mark Millar.

 

No mundo dos grandes blockbusters, Jeff Wadlow é quase um desconhecido, tendo dirigido  e escrito pouquissimos filmes (sendo o de maior sucesso o filme de terror Cry Wolf – o Jogo da Mentira). Ele toma manto de Matthew Vaugh, que dirigiu o primeiro Kick Ass. Vaugh, que dirigiu grandes filmes como X-Men: Primeira Classe e Stardust, havia criado, com Kick Ass, um grande filme e, por conta disso, Wadlow tinha uma grande responsabilidade de não decepcionar os fãs.

 

K-A

 

E ele fez isso direitinho. Aaron Taylor-Johnson volta a colocou sua fantasia de Kick Ass nesse novo filme que não fica devendo nada ao primeiro. Wadlow pegou todos os elementos bons que encontramos no primeiro filme e aplicou novamente no segundo, só que maior, mais violento e mais intenso.

 

Depois de ter derrotado o grande traficante D’Amico, Dave Lizewski prometeu para sua namorada que aposentaria a fantasia de Kick Ass para sempre. Até por que, Kick Ass havia inspirado inumeras pessoas e, agora, havia mais super-heróis nas ruas. Mas ele não imagina o quão dificil será manter essa promessa, pois é dificil voltar a ter uma vida medíocre e sem significado depois de ter sido um verdadeiro super-herói. Ele então volta a ativa e junta-se a um grupo de super-heróis chamado ‘Justice Forever’, liderado por Colonel Stars and Stripes (Jim Carrrey).

 

Enquanto isso, Chris D’Amico, enfurecido pela morte de seu pai, resolve tornar-se o primeiro Super Vilão do mundo e, usando a fortuna que seu pai lhe deixou, contrata um grupo de vilões para trabalharem com ele. Ele torna-se The Mother Fucker e está disposto a destruir tudo em seu caminho por sua sede de vingança.

 

HITGIRL

 

Nesse filme, vemos mais de Hit Girl (Cloë Grace Moretz que, com 16 anos, está cada vez mais bonita e promete tornar-se uma musa), sua vida pessoal, seus medos e inseguranças. Agora que Big Daddy se foi, ela está sendo criada pelo seu antigo parceiro da polícia, Marcus, e começa a frequentar a escola e a lidar com todo o drama e frutração que é ser uma garota adolescente.

 

Além de Aaron Taylor-Johnson (Kick Ass), Cloë Grace Moretz (Hit Girl) e Christopher Mintz-Plasse (Motherfucker), outros atores do primeiro filme voltam a aparecer nessa nova obra. Clark Duke volta a ser Marty, o melhor amigo de Kick Ass e Lyndsy Fonseca faz uma aparição como Kate Deauxma, a namorada do herói.

 

Kick-Ass-2-Aaron-Johnson-Christopher-Mintz-Plasse

 

Mas o elenco está cheia de novidades, que incluem Jim Carrey (Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças, O Show de Truman… ah, na boa, se você precisa que eu te diga quem ele é, você não deveria estar lendo esse site) como Colonel Stars and Stripes, David Faison (Turk de Scrubs) como Dr. Gravity e John Leguizamo (o cara que dubla a preguiça Sid, de A Era do Gelo), como o capanga Javier.

 

Antes do lançamento do filme, houve uma certa polêmina a respeito do seu grau de violência. Jim Carrey negou-se a divulgar o filme, pois afirmava que ele tinha muita violência desnecessária. Eu, pessoalmente, discordo. Gostei muito do filme e, mesmo ele – de fato – sendo violento, achei-o uma ótima continuação do primeiro filme. Se você gostou do primeiro Kick Ass, com certeza irá gostar de Kick Ass 2

 

Perfil Bruno

Bruno Machado

Se você gostou do primeiro Kick Ass, com certeza irá gostar de Kick Ass 2!
A favor dos nerds e contra a tirania dos kibes.
Facebook