KATAKLÒ traz PUZZLE ao Brasil!!

-por , em 20/05 -
KATAKLÒ traz PUZZLE ao Brasil!!

Uma das pioneiras ao unir o esporte à dança, a célebre companhia italiana Kataklò volta ao Brasil dez anos depois de sua estréia no país para mostrar seu mais novo e aclamado espetáculo, PUZZLE. Pela primeira vez, o novo espetáculo foi concebido pelos próprios dançarinos sob a direção da diretora e coreógrafa da companhia, Giullia Staccioli. Para a diretora, o objetivo é que cada membro da companhia se torne um pedaço de um “quebra-cabeça”, um elemento fundamental que encontra o seu lugar dentro do grupo, em um ambiente criativo comum. Com sua enorme vocação atlética, os bailarinos mostram o domínio, o rigor e a precisão sobre seus corpos, criando uma dança com roupagem contemporânea e moderna.

Para alcançar um resultado diferente, Giulia Staccioli acreditou no envolvimento direto dos artistas no processo de criação, levando em conta as possibilidades expressivas e características dos artistas individualmente, além de investir em ideias de todos os membros da companhia. Para ela, “PUZZLE” é a melhor forma de demonstrar como essa fórmula pôde ser bem sucedida, dando aos dançarinos um novo espaço para serem autores ou, como ela mesma diz: “dancerthors”, uma mistura de dancers e authors, em português, bailarinos e autores, respectivamente.

O espetáculo traz ainda duas estreias de Paolo Benedetti, ex-bailarino da companhia e agora responsável pela formação da Accademia Kataklò Giulia Staccioli, e uma estreia por Maria Agatiello e Marco Zanotti em colaboração com Claudia Cavalli e Vito Cassano. “PUZZLE” chega ao Brasil no início do segundo semestre e passará por São Paulo, no dia 30 de julho, no Teatro Alfa. Depois segue para Porto Alegre, no dia 1º de agosto, no Teatro do Bourbon Country. No Rio de Janeiro, “PUZZLE” sobe aos palcos do Theatro Municipal, no dia 3 de agosto, seguindo para Belo Horizonte, no dia 6 de agosto, no Sesc Palladium.

O espetáculo integra o Circuito SulAmérica de Música e Movimento, programa de fomento da seguradora SulAmérica que investe em ações para o desenvolvimento social e cultural por meio da arte, música e dança, trazendo uma agenda diversificada durante o ano todo nas diversas regiões do país.

puzzle 2

O Kataklò Athletic Dance Theatre surgiu em 1995 e logo chamou a atenção pelo nome estranho – que em grego significa “eu danço dobrando-me e contorcendo-me”. Sediado na cidade italiana de Milão, tinha à frente Giulia Staccioli, campeã olímpica de ginástica rítmica e com rápida passagem pelo Momix, e o marido, Andréa Zorbi, jogador de vôlei, três vezes campeão europeu e duas vezes campeão do mundo. Junto a mais oito atletas, todos com passagens por importantes competições internacionais e olímpicas, conceberam o primeiro espetáculo, “Indiscipline”, que estrearia no ano seguinte, com excelente acolhida de público e crítica. No mesmo ano, o mundo começaria a conhecer o Kataklò, quando o grupo foi convidado a participar da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Sidney.

Em 1998, estrearam “Kataklopolis”, que apresentaram em turnê mundial por três anos e, em 2002, foi a vez de “Line Up – Energie Verticale”. Em 2003, com o espetáculo “Katacandy” a companhia inaugurou seu próprio teatro, o Spazio Studio K. Paralelamente aos espetáculos e às turnês internacionais, o Kataklò se tornou convidado frequente de grandes eventos, como a abertura ou encerramento de grandes competições esportivas, além de aparecerem em vários comerciais para a TV. Hoje a companhia tem 15 membros fixos, que se dividem em apresentações na Itália e Europa e turnês por todos os continentes. O grupo mantém uma rígida disciplina, que inclui ensaios diários, que podem chegar a 10 horas de duração.

Em 2004, apresentaram-se pela primeira vez no Brasil, com o espetáculo “Fair Play”, em uma aplaudida turnê vista em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte. Em 2005, estrearam “Livingston” e em 2008 foi a vez de “Play”, que também foi apresentado em uma turnê pelo Brasil. Desde a virada do século, a companhia tem sido constantemente vista em grandes eventos, como a comemoração do World Youth Day, em 2003, quando se apresentaram para o Papa João Paulo II e milhares de espectadores na Praça São Pedro; a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno em Turin (2006) e a celebração do ano novo em Hong Kong, em 2007, entre muitos outros. Em sua última passagem pelo país, em 2011, a companhia trouxe o espetáculo “Light”.

Site: http://www.kataklo.com

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você