Escolha uma Página

EU AMO UMA FRANQUIA!

John Wick é aquele tipo de franquia que jamais envelhecerá por dois motivos simples: a narrativa é objetiva e honesta & Keanu Reeves! Como não amar eternamente? Recém lançado nos cinemas e, já tendo confirmado o quarto filme, a saga se tornou ícone mundial de ação e explosões para a nova geração (e para as antigas também!).

O filme envelhece com qualidade, assim como seu protagonista, traz elementos novos de máfia e violência urbana, bem realistas e sutis e se alimenta da fonte eterna de tretas misteriosas. Nesse capítulo, John chega ao mais alto nível de sua organização, retorna às origens e pede clemência por ter cometido um ato proibido no segundo filme.

Uma das mais brilhantes adições à saga de John Wick foi a personagem de Halle Berry – quase que uma versão feminina de John, querendo muito talvez forçar o estereótipo de gênero aqui porque, agora, no terceiro filme, ela ganhou uma profundidade e personalidade própria!

A organização ganha uma origem, um chefe, mais problemas e um Wick renovado, pronto para se vingar de tudo e de todos, no quarto capítulo (que deverá ter data anunciada em breve). A máfia japonesa ganha força, mais um cachorrinho é afetado pela mente maquiavélica do roteirista (o que nos deixa com sangue nos olhos) e, claro, o mundo se mostra muito mais envolvido nos esquemas da organização do que poderíamos imaginar.

Com efeitos especiais brilhantes, uma fotografia fenomenal e ausência impressionante de dublês, temos John Wick 3 e a promessa de muitos outros ainda pela frente! Ainda bem!

John Wick 3 está disponível nos cinemas brasileiros.