USS Jimmy Carter – O submarino espião dos EUA

-por , em 22/08 -
USS Jimmy Carter – O submarino espião dos EUA

O USS Jimmy Carter, primeiro submarino americano a receber o nome de um ex-presidente ainda vivo, está entre os 10 mais avançados do mundo, devido a presença de equipamentos nucleares e recursos de espionagem altamente sofisticados cujas capacidades podem ir além do que muitos imaginam.

 

Especialistas (entre eles Edward Snowden, o responsável pela revelação do esquema de espionagem cibernética americana) afirmam que além de ser útil para missões submarinas, o Jimmy Carter também pode contribuir com a National Security Agency (NSA) no armazenamento e análise de informações transmitidas pelos incontáveis quilômetros de cabos de fibra ótica espalhados pelos oceanos. Entre elas, estaria praticamente tudo o que pode ser transmitido pela internet, desde e-mails até ligações.

 

Tal espionagem, segundo boatos, pode ser feita graças à capacidade do submarino de “tocar” os cabos de fibra ótica, podendo assim grampear os mesmos. Como seriam armazenadas as informações e como seria a análise das mesmas não se sabe, mas partindo do ponto de vista de que a tecnologia americana está além do que imaginamos como tecnologia, não é nada impossível que tais informações sejam verdadeiras.

 

Por outro lado, há quem afirme que sim, o submarino pode grampear cabos e espiar informações, porém seria um “desperdício tecnológico” utilizá-lo para fazer isso, já que a NSA supostamente possui diversas outras maneiras “menos trabalhosas” para tal coisa.

 

Há aqueles que vão mais afundo e afirmam que o submarino possui tecnologia suficiente para causar até mesmo tsunamis e consequentemente causar danos em todo um território, mas tanto essas afirmações quanto as de que o mesmo é capaz de captar informações da internet não passam de teorias e conspirações.

 

A marina americana não reconhece as especulações como verdadeiras, mas também não desmente as mesmas.

 

jimmy carter

 

De qualquer forma, não devemos subestimar a capacidade tecnológica americana, com certeza há muita coisa por baixo dos panos que nem fazemos ideia (talvez muitas delas seja até bom não ficarmos sabendo), e que, ao mesmo tempo que podem contribuir para o aumento da qualidade de vida de toda uma população, podem ser usadas brutalmente contra a mesma. Devem haver muitas formas usadas pela NSA para obter informações muitas vezes sigilosas, e talvez um submarino de 3,2 bilhões de dólares realmente não seja a mais “rentável” delas. Porém, numa guerra cibernética por exemplo, talvez essa máquina fosse uma das armas mais poderosas dos americanos.

 

Acredito que devemos estar cientes de que a partir do momento em que disponibilizamos informações pessoais na internet, por mais que aceitemos termos que se comprometem à zelar por nossa privacidade e segurança, se o governo americano desejar ter acesso à tais informações, ele terá meios para isso, seja por submarinos ou não, e com ou sem o conhecimento das empresas que armazenam essas informações.

 

Fontes: http://migre.me/fOOgh | http://migre.me/fOOh2 | http://migre.me/fOOwx | http://migre.me/fOODQ

 

Perfil Greg

Greg

Com ou sem submarino, o Obama ainda sabe de tudo.
Facebook | Twitter

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você