Jaspion e Jiraya faziam parte da minha infância, antes mesmo de eu saber o que era ser nerd. Eu adorava ver aquelas lutas, que na época eram super elaboradas e tensas, mas que hoje eu nem consigo rever direito para não me decepcionar. Espero que com vocês não seja assim, pois vou abrir uma exceção e vou postar alguns vídeos aqui também.

 

Começando pelo começo para aqueles que não conhecem as séries famosas da década de 90 aqui no Brasil. Vamos aos pequenos resumos.

 

jaspion

 

Jaspion foi uma famosa série de televisão japonesa do gênero tokusatsu produzida pela Toei Company. A série obteve sucesso até então inédito por outras produções do gênero exibidas (tais como National Kid e Ultraman), desencadeando uma febre épica e jamais vista pelo gênero de super-heróis japoneses no país e abrindo as portas para a importação de novas séries do gênero tokusatsu.

 

Pelo enorme número de seguidores no Brasil, Jaspion invariavelmente continua sendo a série tokusatsu com maior número de fãs no país. Em razão desta gigantesca popularidade, o personagem-título tornou-se o protótipo do herói japonês no Brasil, imagem que se mantém até os dias atuais.

 

No planeta Edin, uma estrela a muitos anos-luz de distância da Terra, o profeta Edin encontra um garoto humano que sobreviveu à queda de uma nave espacial no planeta, acidente no qual seus pais morreram. Acreditando nas profecias da Bíblia Galáctica, a qual preceituava que um guerreiro celestial salvaria a galáxia e o universo das forças do mal, Edin crê ser este o garoto predestinado a se tornar o lendário guerreiro. Ele adota o menino e o cria sozinho, dando-lhe o nome de Jaspion, na esperança de que, algum dia, o garoto venha a combater as ameaças do temível Satan Goss, do Império dos Monstros.

 

Anos mais tarde, já adolescente, Jaspion aprende sobre seu destino, e aceita de seu “pai” os equipamentos que seu mentor construiu para auxiliá-lo. Entre os artefatos, estão a armadura Metaltex, feita do metal mais resistente do universo (metal Ejinium); a androide Anri, que passa a ser sua companheira na jornada, e a nave espacial Daileon, que tem o poder de transformar-se em um poderoso robô gigante. Sua missão é encontrar os pedaços da Bíblia Galáctica (que havia se espalhado pelo Universo após o planeta ancestral de Edin ter sido destruído por um cometa) e destruir o império de Satan Goss.

 

Após algumas aventuras em planetas desconhecidos (num deles tendo resgatado a alienígena Miya, que é adotada e passa a acompanhar ambos), Jaspion e Anri chegam à Terra, alvo do maligno Satan Goss e seu filho MacGaren, que torna-se o rival do herói. Aqui, ganham novos aliados, como Boomerman (Boomerang, no original), o professor Nambara, e seus filhos, Kanoko e Kenta.

 

 

jiraya

 

A série Jiraya se diferenciou de suas antecessoras por quebrar o padrão da franquia na qual está inserida, introduzindo um herói sem superpoderes e utilizar como temática a tradição japonesa dos ninjas, até então nunca explorada nos Metal Heroes. A série conta a história do jovem Toha que foi criado e é treinado por Tetsuzan para ser o sucessor da família Togakure, ele guarda metade da inscrição para um tesouro que é objeto de desejo de todos os ninjas do mundo. Este tesouro pode conceder grandes poderes a quem possuí-lo. A outra metade da inscrição pertence a o maligno Dokusai e a família de feiticeiros.

 

 

Eu sei que hoje em dia existem inúmeros desenhos, séries e filmes japoneses que os adolescentes são apaixonados. Mas na minha humilde opinião, nada supera o sucesso de Jaspion e Jiraya na década de 90, eles eram incrivelmente incríveis!

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

Quem se lembra da letra de abertura de Jaspion? Era muito amor!
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter