Escolha uma Página

CUIDADO PODE CONTAR SPOILERS

O Capítulo final de IT chega aos cinemas no dia 5 de setembro. O longa é baseado em uma obra literária homônima e 1.300 páginas, que demorou 5 anos para ser escrtita pelo mestre do terror Stephen King.

O que muita gente se espanta ou critica quando vai assistir ao filme é das incongruências ou bizarrices que são apresentadas, mas o que a maioria não entende ou sabe é que o livro é muito pior (no bom sentido), o filme tenta amenizar de maneira sutil, o que acredita não ser bem aceito pelo público (talvez), ora pelo entendimento, ora por ser realmente insano.

Em resumo o livro começa em 1985 quando Mike Hanlon, um habitante da cidade de Derry, liga para seus seis amigos de infância alertando que a Coisa voltou a atacar e os convoca para voltar e lutar contra ela. Os seis amigos – Bill, Beverly, Stan, Richie, Eddie e Ben – estão espalhados em diferentes lugares do mundo. Mas todos topam voltar para enfrentar a Coisa para um embate definitivo.

Enquanto a trama se desenrola o leitor é apresentado a flashbacks contando o que aconteceu na primeira vez em que eles enfrentaram a Coisa, em 1958, quando eram crianças.

Separamos uma lista de curiosidades do livro, que farão muitos corpreenderem alguns pontos essenciais da trama. Confira:

1 – A História se inicia em 1957
Diferente do Filme, a trama se inicia em 57 com a morte de Geogie

2 – O verdadeiro nome de Pennywise
Teoricamente o nome do palhaço é Bob, teoricamente pois muitas teorias indicam que a “coisa” possuía pessoas não sendo o palhaço, sua forma verdadeira.

3 – A Coisa veio do espaço
Pois sim, isso pode chocar muitas pessoa que acreditam em algo muito mais sobrenatural quando se trata de IT, contudo no livro a explicação de quem é e de onde surgiu é revelada quando os garotos inalam fumaça para ter visões dentro de seu “clube”. Eles têm um flashback de Derry na pré-história e testemunham a Coisa caindo do espaço em uma bola de fogo. Ela veio de algo chamado macroverso e passou milênios esperando os humanos colonizarem a cidade para poder começar seu ciclo de violência. MASOQUÊ?!

4 – A tartaruga
No filme em vários momentos é possível ver “easter eggs” de tartarugas; Elas não foram postas ali, a toa, pois no livro ela tem um grande significado.
A tartaruga é a grande criadora do mundo! Se pra você ficou incompreensível, é válido dizer que todos os livros do King possuem conexões e a tartaruga é uma delas estando presente em Torre Negra que explica que o Réptil na verdade é a criadora de todo o universo onde se passam os livros do autor.

5 – Derry é a coisa e a Coisa é Derry
Em um dos capítulos, é explicado que a cidade de Derry foi influenciada pela coisa e moldada de modo a servir seu ciclo alimentar. Isso explica, por que as pessoas  ignoram a violência à sua frente (algo que é referenciado no filme) e por que o mapa dos sistemas de esgoto de Derry se perdeu. Também explica como a Coisa é capaz de possuir pessoas, como Henry Bowers e o pai de Beverly.

6 – A batalha final é psicológica
No filme fica muito claro que por mais que os losers ataquem a coisa, o que realmente a afeta é o fato deles não terem medo dela, isso a enfraquece.
No livro, assim como a Coisa se alimenta do medo das crianças, a arma para vencê-la é usar a criatividade. logo, quando os losers passam a imaginar que podem ferir a Coisa, elas conseguem.

7 – Orgia
UM das cenas mais chocantes e insanas do livro é a da Orgia. Sim, existe uma orgia entre as crianças e acontece logo após eles vencerem a coisa em 1958. Eles se perdem no esgoto e a Beverly, sugere que SEXO é a única forma de unir o grupo! MASOQUE²!?

Stephen King se manifestou sobre em seu site oficial:

“Eu não estava pensando muito no aspecto sexual do ato. O livro lida com infância e vida adulta – 1958 e Crescidos. Os adultos não se lembram de sua infância. Nenhum de nós se lembra do que nós fizemos quando éramos crianças – achamos que lembramos, mas não nos lembramos do jeito que realmente aconteceu. Intuitivamente, os Otários sabiam que precisavam se unir novamente. O ato sexual conecta a infância e a vida adulta. É outra versão do túnel de vidro que conecta as bibliotecas infantil e adulta de Derry. Os tempos mudaram desde que eu escrevi essa cena e hoje há mais sensibilidade em relação a essas questões.”

8 – A coisa se reproduz
em 1985, quando os Losers retornam para o confronto final, nos esgotos, eles se deparam com ovos. Estes são os filhos da coisa, que de certa forma está conectado à “mãe”… Quando ela morre os ovos também morrem.

Leia o livro, veja o filme… Toda forma de cultura é válida!
No caso de IT, o Livro complementa a compreensão do filme.

Assista IT Capítulo 2 dia 5 nos cinemas!