Escolha uma Página

Como vocês sabem, estivemos na coletiva de Imprensa (confira aqui) da nova produção da O2 Filmes em parceria com a Netflix, IRMANDADE. Na época conferimos com exclusividade a temporada que estreia esse mês na plataforma e agora – finalmente – podemos contar o que achamos.

Irmandade é ambientada na São Paulo dos anos 90, a série conta a história de Cristina, uma advogada honesta que depois de 20 anos descobre o paradeiro de seu irmão Edson e que agora é lider de uma facção criminosa denominada Irmandade e se vê forçada a infiltrar na mesma se questionando sobre o que realmente é justiça.

Se você visa achar em Irmandade o mais do mesmo da produções conhecidas que abordam o sistema prisional brasileiro, pode desistir. Ela apresenta sim, muitas das característica já conhecidas, contudo a premissa inclina para um viés diferenciado, uma narrativa muito mais voltada em captar “o certo pelo certo” tão dito. Mas o que é o certo?

A ambiguidade é visível seja pelo nome da série que pode ser relacionada não só pela facção, mas também pela relação entre os irmãos Edson (Seu Jorge) e Cristina (Naruna Costa); seja pelas percepções de moralidade. E esse é o foco. A facção funciona apenas como pano de fundo em meio ao real debate dobre a descontrução do entendimento de moral que conhecemos e isso é que torna o show realmente envolvente.

A atmosfera prisonal (Sim, a série foi gravada em um presídio de verdade e em funcionamento) torna tudo ainda mais verossímio, aliado a entrega do elenco que estava visivelmente apaixonado pelo projeto que demorou anos pra sair do papel. Naruna Costa, Seu Jorge, Lee Taylor, Pedro Wagner, Danilo Grangheia, Wesley Guimarães e todo elenco estão realmente de parabéns.

Irmandade tem grande potencial para atrair os amantes desse genero que se sentirão abraçados por uma trama original e reflexiva. Mais uma prova que produções Nacionais podem e vão conquistar o mundo. Mal posso esperar pela próxima temporada!

A primeira temporada de IRMANDADE estreia dia 25 de outubro na Netflix