Eu tenho uma paixão inexplicável por kombis – inexplicável mesmo, nunca ninguém na minha família teve uma, só andei em kombis ruins de transportes alternativos pelas ruas do Rio, mas gente, que paixão é essa? Toda kombi (ainda mais quando é daquelas bem antigas, azuis e brancas) que eu vejo, me faz ficar com mais vontade ainda de ter uma.

 

Você sabia que… o nome kombi vem do alemão kombinationsfahrzeug que quer dizer “veículo combinado” (ou “veículo multi-uso”, em uma tradução mais livre). O conceito por trás da kombi surgiu no final dos anos 1940, idéia do importador holandês Ben Pon, que anotou em sua agenda desenhos de um tipo de veículo inédito até então, baseando-se em uma perua feita sobre o chassi do Fusca.

 

Os primeiros protótipos tinham aerodinâmica terrível, porém retrabalhos na Faculdade Técnica de Braunschweig deram ao carro, apesar de sua forma pouco convencional, uma aerodinâmica melhor que a dos protótipos iniciais com frente reta. Testes então se sucederam com a nova carroceria montada diretamente sobre a plataforma do Fusca, porém, devido a fragilidade do carro resultante, uma nova base foi desenhada para o utilitário, baseada no conceito de chassi monobloco. Finalmente, após três anos passados desde o primeiro desenho, o carro ganhava as ruas em 8 de março de 1950.

 

O grupo Brasmotor passou a montar o carro no Brasil em 1953 e a partir do dia 2 de setembro de 1957 sua fabricação – o que faz do veículo o primeiro Volkswagen fabricado no Brasil, e o que está há mais tempo em produção. O Brasil é o único lugar no mundo onde o modelo ainda é produzido. Em 2006 este veículo (modelo T2 Microbus) foi protagonista do filme Little Miss Sunshine, sendo que o filme praticamentepraticamente inteiro roda-se com cenas neste veículo.

 

Tem como não amar essa linda?

 

kombi 2 kombi 3 kombi 4 kombi 3

kombi 5 kombi 6 kombi 7 kombi 8

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

Fala sério se não são lindas essas kombis?
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter