Há alguns dias fiz um post sobre o maravilhoso novo mundo de Tarantino, o mundo de Django! Se ainda não leu, leia aqui! O filme está atraindo a atenção de muitas pessoas realmente, e como eu disse, de um público que nem ao menos conhecia Tarantino e sua trajetória de filmes. O mais interessante é que, com o lançamento da HQ, um outro público ainda está sendo atingido – marketing ou não, estratégia ou não, ele está atingindo patamares que muitos outros roteiristas e diretores ainda não atingiram! Parabéns ao Tarantino!

Para quem não sabe, o filme Django, na mente de Tarantino, deveria ter, pelo menos, quatro horas de duração – óbvio que ele não conseguiu essa proeza, mas a criação da HQ está fazendo com que o diretor e roteirista do filme possa mostrar tudo (ou quase tudo) que se passou em sua mente insana e extremamente criativa para esta história. Realmente existem alguns pontos que poderiam ter sido melhor explorados (longe de mim falar mal da edição dele), mas pelo simples prazer de matar a nossa curiosidade, esse complemento seria muito bem vindo.

django hq

Tarantino informou ainda que a HQ traz partes da história que foram realmente cortadas no filme, além de trazer coisas que ficaram só na mente dele mesmo, que não foram nem levadas ao roteiro do filme. Nosso diretor favorito parece estar animado com o projeto e nós também estamos, claro!

Quem ilustra os quadrinhos é o sérvio R.M. Guerra, que anteriormente trabalhou com Tarantino para os quadrinhos do filme Bastardos Inglórios. Para os que acham que ainda vai demorar, pasmem: a primeira edição já foi lançada em dezembro e a segunda no dia 13 de fevereiro. No total, serão cinco edições – legal né? 😉

Baixe aqui a edição 01 de Django Livre

Compartilhe: