Imagine um mundo onde, da noite para o dia, 90% de sua água simplesmente desapareceu. Uma realidade cruel em um século XIX diferente daquele que estamos habituados a assistir nos filmes de bangue-bangue: um planeta repleto de monstros e seres bizarros, onde maldições andam criando o caos e espalhando o mal. Nesse estranho cenário pós-apocalíptico apenas uma pessoa terá coragem de enfrentar essas criaturas: a ruiva – a bela caçadora de maldições protagonista de Os Poucos e Amaldiçoados.

Apresentada ao público numa das histórias que compunham o mix do primeiro volume de 3,2,1 Fast Comics, nossa anti-heroína acaba de ganhar sua primeira mini-série em seis partes, pelas mãos de seus criadores, Felipe Cagno e Fabiano Neves. Na nova aventura, intitulada “Os corvos de Mana’Olana”, poderemos conhecer um pouco mais desse mundo seco e empoeirado e como a ruiva sobrevive a seus perigos.

A primeira edição foi lançada este ano na CCXP através de recursos obtidos pela plataforma de financiamento coletivo Catarse. Por sinal, a campanha ainda está rolando a todo vapor, em sua reta final. Faltando poucos dias para seu encerramento, varias metas estendidas já foram batidas, proporcionando upgrade nas edições e muitos extras que não estavam contemplados originalmente. Para conhecer mais do projeto, clique aqui.

Beba seu último gole d’água num raio de 160km e acompanhe a ruiva  em Os Poucos e Amaldiçoados.

Mexeu com a ruiva errada, rapaz!

Mexeu com a ruiva errada, rapaz!

Não importa o tamanho da ameaça, a ruiva sempre encara de frente.

Não importa o tamanho da ameaça, a ruiva sempre encara de frente.

Compartilhe: