Vamos descobrir um pouco mais de Homem-Formiga 2?

Vamos descobrir um pouco mais de Homem-Formiga 2?

Homem-Formiga foi um belo acerto da Marvel depois de um tiro no escuro. Um personagem que quase não era conhecido (estamos falando de Scott Lang) e outro que estava esquecido (Hank Pym). Mas o filme fez tanto sucesso por sua abordagem, vamos dizer assim, diferente, que a Casa das Ideias encomendou logo a sua sequência. E é justamente sobre isso que vamos falar!

O diretor do filme e de sua sequência, Payton Reed, falou em entrevista para o site Moviefone, sobre alguns detalhes de Homem-Formiga e a Vespa, como se o filme iria seguir o caminho da maioria das continuações, ficando cada vez mais megalomaníaco.

Não, eu acho que gostamos do nosso cantinho do Homem-Formiga no universo. Porque é toda uma tonalidade diferente, mas também entra nos termos de quem Scott Lang é como Homem-Formiga: ele é um cara que não está tão certo assim se quer ser esse super-herói completo, no estilo Vingadores.

Ele tem uma filha e esse é seu conflito interno. E ele é um cara bem comum que entrou em contato com esse poder incrível. Então, nós gostamos desse aspecto de ser meio que nosso pequeno cantinho do universo!” disse Reed.

Além disso, Reed falou também sobre a aparição do Gigante em Guerra Civil: “Quando eu escutei sobre pela primeira vez – nossa, eu não sei, dois anos atrás, um ano e meio talvez – que ‘Guerra Civil’ faria a estreia do Gigante, eu fiquei tipo ‘NÃO!’.

Mas, agora, eu já me recuperei e nós temos muito mais guardado para o Scott Lang nesse filme. Nós veremos a estreia da Vespa – será tudo sobre a Vespa e o Homem-Formiga. Então eu gosto disso, porque nós gastamos muito tempo pensando com nossos roteiristas e diretores diferentes, o que dá várias ideias, e eu amo isso

E o que vocês esperam de Homem-Formiga e a Vespa? Não deixem de comentar aí embaixo e em nossas redes sociais. Afinal, é tudo COXINHANERD!

Leia mais sobre Marvel e Filmes

Vinny Romanelli
por

Vinny Romanelli

Viciado em games, animes e action figures (NÃO-SÃO-BONECOS). Esse carioca da gema leva o Japão no coração. Quase um gibi ambulante, futuro marketeiro e chato quando chamam animes e mangás de "desenhos para crianças". See ya Space Cowboys!!!

Recomendamos para você