A aliança está formada em The Boys..ou melhor, estão formadas. O quinto episódio chegou para definir de vez os grupos dentro do seriado, mesmo que lados ainda não estejam completamente estabelecidos. No episódio mais fraco da temporada até agora, onde o momento chave foi a última cena bizarra entre Pátria e Tempesta, o clima de conflito está prestes a atingir seu ápice, o que deve acontecer em breve. Todos os personagens estão a beira de um colapso e nem mesmo os supostos heróis conseguem escapar dessa. Com exceção de Black Noir, os membros dos Sete não aguentam mais a pressão da mídia, da população e seus patrões e estão cada vez mais independentes.

Trem-Bala não consegue aceitar o fato de que será aposentado do grupinho de heróis, principalmente quando tanta coisa está em jogo. Ele traz a representação do bom e velho funcionário da empresa que para de ter suas funções e é logo descartado. Achou que só por que ele é um herói que isso não aconteceria? Bom, estamos falando de The Boys não é mesmo. Nada ali é para sempre, nem mesmo o amor da população pela capa esvoaçante de Pátria. O seriado nos mostra o cenário de transição de tudo o que vimos até agora. A segunda temporada começou oficialmente e o ritmo que devemos a diante é frenético.

Hughie está se tornando um personagem cada vez mais apático, passado o fervor de lançamento da primeira temporada. Nem mesmo seu pseudo relacionamento com Starlight consegue segurar a atenção no personagem, que agora vive a sombra de Billy Bruto. A figura de Karl Urban segue sua auto depreciação, obcecado pelos Sete e por conseguir ter Becca de volta. Não foi nesse episódio que ele conseguiu, pelo contrário, apenas se escondeu ainda mais nas sombras.  

Profundo teve mais um episódio para ser o bom herói chato e insuportável de sempre, agora com uma crítica a religião. Ele se rendeu aos ensinamentos da igreja que o acolheu e agora virou garoto propaganda da mesma, refletindo a lavagem cerebral que o fanatismo religioso pode provocar. Até mesmo recrutar Maeve ele tenta, no momento mais frágil de sua vida. A heroína teve sua sexualidade exposta e agora simplesmente não consegue aceitar a pressão que isso lhe trouxe. Seu relacionamento está um fiasco e a falta de apoio daqueles que ela um dia chamou de amigos, é fundamental para o atormento que ela vem sentindo. 

Um episódio fraco precisa de uma cena auge para ser lembrado e ela vem nos minutos finais. Após passarem 4 episódios odiando um ao outro, Pátria e Tempesta protagonizam um dos atos sexuais mais bizarros da série. Ela revela seu lado masoquista ao gostar de ser queimada pelo laser de Pátria, enquanto ele parece gostar do fato de encontrar uma mulher a sua altura. Ou melhor, ela encontrou um homem que consiga chegar perto de desafiá-la. 

The Boys é exibido semanalmente no Amazon Prime Video.