Estamos acostumados a associar a palavra heroína com super poderes e trajes especiais. Não é preciso ter vindo de outro planeta, conseguir levar um tanque e destruir monstros para ganhar tal definição, pelo contrário. De acordo com a definição vista no dicionário:

Heroína

  1. mulher capaz de suportar exemplarmente uma sorte incomum (p.ex., infortúnios, sofrimentos) ou que arrisca a vida pelo dever ou em benefício do próximo.
  2. mulher de valor, beleza ou talento excepcionais.

Como visto, a associação com capas e poderes é algo de senso comum da sociedade. Mas já passou da hora de aprender a valorizar todas aquelas que não usam capa. O cinema sempre nos trouxe heroínas, nós é que nunca as valorizamos direito. Até agora. Separamos uma lista das grandes heroínas dos cinemas.

Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence)

Kill Bill (Uma Thurman)

Molly Weasley (Julie Walters)

Lucy Pevensie (Georgie Henley)

Mary Poppins (Julie Andrews)

Hermione Granger (Emma Watson)

Leia Organa (Carrie Fisher)

Xena (Lucy Lawless)

Rey Skywalker (Daisy Ridley)

Ova (Nisa Sofiya)

Miranda Priestly (Meryl Streep)

Padmé Amidala (Natalie Portman)

Minerva McGonagall (Maggie Smith)

Lara Croft (Angelina Jolie)

Ellen Ripley (Sigourney Weaver)

Matilda (Mara Wilson)

Hazel Grace (Shilene Woodley)

Sarah Connor (Linda Hamilton)

Isabel Pullman (Julia Roberts)

Furiosa (Charlize Theron)

Cleo (Yalitza Aparicio)

O cinema nos trouxe muitas heroínas, nós é que precisamos aprender a apreciar.

Qual a sua favorita?

LEIA MAIS SOBRE FILMES