GAME OF THRONES | O Torneio de Harrenhal e o misterioso Cavaleiro da Árvore que Ri!

UMA DAS HISTÓRIAS MAIS APAIXONANTES DE GOT!

A primeira temporada da série Game of Thrones, que foi ao ar através do canal pago HBO em 2011, iniciou seu enredo, assim como nos livros, com o ataque de um White Walker aos patrulheiros da noite dentro da “Floresta Assombrada” ao norte da muralha e em seguida nos levou ate a honrada Casa Stark.

Entre a decapitação do ex-patrulheiro da noite Will e a chegada do Rei Robert Baratheon solicitando que o Lord Eddard Stark, protetor do Norte, fosse com ele para a capital do reino Porto Real, como “Mão do Rei”, tivemos um vácuo de informações com relação ao relacionamento de amizade de ambos; o passado recente desses personagens foi deixado um pouco de lado e apenas alguns fragmentos do conteúdo foram entregues aos poucos ao longo de toda a trama, que teve seu ápice durante a sétima temporada no ano 2017, com a revelação dos verdadeiros pais de Jon Snow: Lyanna Stark e Rhaegar Targaryen; confirmando assim uma das teorias mais amadas pelos fãs da saga.

Mas para entendermos bem os acontecimentos que incitaram o atual enredo, se faz necessário voltarmos um pouco no passado da trama, aproximadamente entre 15 anos antes da primeira temporada…

Lord Rikard Stark, Protetor do Norte, era casado com Lyarra Stark *sua prima de segundo grau* juntos eles tiveram quatro filhos: Brandon o primogênito e herdeiro de Winterfeel, Eddard, Lyanna e Benjen.

Buscando promover alianças com as regiões fora do Norte, ele acordou o casamento de seu primogênito com uma das filhas do Lord Hoster Tully, senhor de Correrio e protetor das “Terras Fluviais” e sua esposa Minisa Whent.

CURIOSIDADE 1: a região do Tridente é uma ramificação de rios que se dividem em: ramo verde, ramo vermelho e ramo azul; seu castelo é rodeado por um enorme fosso artificial, que em tempos de perigo, é preenchido por água, deixando o castelo completamente cercado, tornando Correrrio uma ilha, praticamente inalcançável. Pouco tempo depois desse acordo de casamento entre as casas Srark e Tully, Petyr Baelish que era ate então apenas um dos muitos filhos do pequeno Lord protetor da região dos “Dedos” sem muitos bens e de casa fraca; cresceu em Correrio como protegido e era apaixonado por Catelyn desde muito novo; ele implorou por um duelo contra Brandon Stark pela mão de Cat, porem, ao perder o duelo (*onde tradicionalmente ele seria morto) Brandon Stark o deixou vivo, a pedido de Catelyn, pois ela o queria muito bem desde a infância e não desejava sua morte de forma alguma *#Catburra teria evitado tanta treta*; resultando exílio de Petyr de Correrrio para sempre.

*foi ai que iniciou o ódio de “mindinho” pelos Starks.

Em seguida, Rikard Stark prometeu a sua única filha Lyanna ao herdeiro de Ponta Tempestade, o Lorde Robert Baratheon.

Curiosidade 2: Robert Baratheon sempre foi um homem cavalheiro, galante, honrado e de imenso carisma *muitos afirmam que essa carisma foi responsável pelo sucesso durante a rebelião contra a Casa Targaryen*; alto e musculoso, de cabelos negros e olhos profundos como um mar revolto; ele era considerado um dos homens mais atraentes de Westeros nessa época; muito mulherengo, teve sua primeira filha bastarda durante seu tempo no Vale *o/ mas detalhes num próximo post sobre a Casa Baratheon; Já Eddard Stark tem características mais firmes, como quase todos os nortenhos: pele branca e de cabelos muito escuros; quieto e tímido em sua juventude; nunca acompanhou o amigo Robert em suas aventuras em bordes, sendo muitas vezes ridicularizado por ele; Robert e Ned cresceram sob os cuidados de Jon Arryn o protetor do Vale e desde então se tornaram inseparáveis.

Mesmo Robert sendo “lindão e charmoso”, Lyanna não era o tipo de jovem que se atraia por aparências; sempre muito determinada e teimosa, Lyanna buscava “conteúdo” nas pessoas, gostava de manter longas conversar com os mais velhos e amava aprender tudo que fosse possível sobre combate e estratégias de guerra; era excelente em montaria, tanto que a chamavam de “menina meio cavalo” ou de “centauro”, por ficar mais tempo em cima de um cavalo do que fazendo qualquer outra coisa; arco e espada eram comuns estarem em suas mãos, sendo assim aprendeu desde muito jovem a se defender; mais ainda mantinha a postura de um Lady em ocasiões sociais como pedia a etiqueta; descrita como sendo baixa e de pele branca, cabelos castanhos muito escuros e de olhos acinzentados; não estava muito feliz em se casar com um homem que mesmo tão jovem já possuía uma filha bastarda na região do Vale; ela freqüentemente reclamada dessa escolha de marido feita pelo pai a seu irmão Eddard, com quem tinha maior proximidade desde a infância.

CURIOSIDADE 3: Lyanna nunca foi taxada de linda, mas tinha uma beleza diferente, digamos que exótica, mas dura em comparação com as outras mulheres de sua idade; é muitas vezes descrita como uma “força da natureza”, sendo por diversas vezes inflexível quando decidida de algo; muitas dizem que o “sangue de lobo” a muito adormecido em outros Starks, cantava com força através da “Jovem Loba”, e ninguém, absolutamente “NINGUEM” a fazia mudar de idéia uma vez que estivesse decidida a algo; Ned varias vezes disse nos livros que Arya lembra demais a irmã, tanto fisicamente com em espírito; sinais dessa similaridade ficaram latentes no famoso torneio de Harrenhal que veremos a seguir.

O Torneio de Harrenhal foi organizado pelo Lorde Whent, em honra de sua filha que fazia aniversario; ele queria demonstrar a todo o continente que sua casa era rica e prospera, então planejou e executou o maior torneio de todos os tempos, que se estendeu por cerca de 10 dias corridos e deu como premio a maior quantidade de ouro já disponibilizado para um torneio na época.

Todos os Lords da região foram convidados e com a Casa Stark não seria diferente. O Senhor de Winterfell levou toda sua família e autorizou a suas casas vassalas a irem junto se desejassem.

Durante os acontecimentos do torneio o jovem Howland Reed, que fora apenas para ver as festividades, foi injustamente cercado por três jovens escudeiros (de em media 15 anos cada), com a intenção de mal tratá-lo por ser um jovem vindo da região dos pântanos, o chamaram de “comedor de sapos” e em seguida partiram para a agressão física.

Howland era inteligente, porém, magricela e sem treinamento tático para confronto físico, dessa forma não conseguiu se defender dos rapazes que o atacavam em grupo, muito maiores e mais fortes que ele; quase sem esperança e já temendo por sua vida, em meio à confusão percebeu que os jovens se afastaram dele, porem os barulhos de agressão não haviam sumido, ao abrir os olhos percebeu que uma jovem moça estava lutando com os três escudeiro de uma só vez; era Lyanna Stark que tinha o visto apanhando e partiu em seu socorro, pegou uma espada qualquer que estava por perto e avançou sobre os três escudeiros *resumidamente: ela deu um “pau” neles kkkk mesmo sendo uma moça de baixa estatura e pouco peso; assustados e surpresos eles se afastaram em fuga ao som da voz em berros de Lyanna:

– Esse jovem é vassalo de meu pai! Nunca mais… Se aproximem dele! – impedindo assim que o jovem Reed fosse gravemente ferido.

Após o ocorrido Lyanna o levou ate a tenda Stark, o apresentou a seus irmão e lhes informou que ali Howland ficaria ate o fim do torneio para que não sofresse e nem fosse mais perturbado por nenhum outro individuo. *ênfase no “informou”, pois ela não deu opção pra nenhum deles irem contra ao que ela disse kkkk.

Na tenta Howland teve seus ferimentos limpos e cuidados e ganhou a oportunidade de conhecê-los melhor: Brandon “o Lobo Selvagem” alto, forte e temperamental, orgulhava-se de ser o herdeiro do NorteEddard ou como ficou mais popularmente conhecido Ned “O Lobo Silencioso”era igualmente forte ao irmão mais velho, porem muito mais fácil de lidar, honrado sempre levou as regras muito a sério, Benjen “O Jovem Lobo” o caçula da família, ágil e esperto, porém, sempre deslocado entre os irmãos mais velhos.

Nessa mesma noite ocorreu um grande banquete onde era permitida somente a participação das grandes casas de Westeros; Lyanna insistiu que Reed era de nascimento elevado e tinha tanto direito de participar quanto qualquer um presente ali; Howland, trajado com vestes de gala apropriadas e emprestadas de Ned, comeu e bebeu com os Starks durante o banquete todo, e assim como outros presenciou o Príncipe Rhaegar Targaryen, que era um músico excelente, tocar uma triste e bela canção que fez Lyanna chorar; seu irmão mais novo Benjen viu suas lagrimas emocionais e tirou sarro da irmã, afinal era raríssimo vê-la em situação de fragilidade; como vingança pela “zuera” do irmão, ela jogou um jarro de vinho sobre sua cabeça; entre risos de alegria, Lyanna avistou os três jovens agressores de Reed junto a seus mestres.

CURIOSIDADE 4: os agressores eram escudeiros dos cavaleiros da Casas Haigh, Casa Blount e Casa Frey; cavaleiros esses que ao longo dos dias de torneio ganharam lugares entre os lords devido a suas performances no torneio.

Lyanna os indicou a Benjen e Brandon que ofereceram armas e armaduras a Howland caso quisesse um confronto, no entanto, ele recusou a oferta timidamente, deixando Lyanna um pouco irritada.

Nessa mesma festa, Jaime Lannister foi consagrado como um “Cavaleiro da Guarda Real” pelo então Rei Aerys II e em seguida enviado a Porto Real.

*FOFOCA: nessa época o Rei estava irritado com os Lannisters e resolveu mandá-lo embora justamente para “cutucar os Leões”; Jaime partiu sem poder participar das justas do torneio e ficou imensamente irritado por isso, afinal ele era o mais jovem a ser consagrado para a “Guarda Real” e um dos mais hábeis para as justas.

Já fazia anos que ninguém via o rei e o mesmo estava tenebroso: de cabelos e barba desgrenhados, sua pele ressecada e as unhas tinha muitos centímetros como se já fizesse anos que não as cortava. Mesmo diante dessa imagem o povo continuou as festividades; e antes de se encerrar por completo Brandon pediu, em nome de Ned, uma ultima dança a Ashara Dayne; ela aceitou o convite e permaneceu com Ned ate a conclusão do banquete.

CURIOSIDADE 6: a jovem era a irmã mais nova do famoso cavaleiro da Guarda Real, Arthur Dayne, a “Espada da Manhã” e estava sendo a jovem mais cobiçada das festividades devido a sua incrível e incomum beleza: era alta, com longos cabelos negros e lindos olhos violeta *muitos homens eram apaixonados por ela, incluindo Barristan Selmy e, segundo rumores, Eddard Stark.

Howland dormiu na tenda dos Starks naquela noite, porem, antes de ir se deitar olhando ao longo para a “ilha das Faces” pediu em voz baixa como prece aos deuses antigos, que aqueles três fossem de alguma forma punidos pelo que fizeram a ele.

No dia seguinte, durante as justas, apareceu um cavaleiro de estatura pequena, com uma armadura disforme *como se fossem varias partes de armaduras diversas fossem presas juntas sem encaixe correto*, completamente trajado e com um capacete que abafava sua voz e escondia seu rosto por completo; em seu braço havia um escudo grande de madeira com uma arvore coração desenhado, porem, ao invés de uma cara comum a essas árvores, o desenho tinha um rosto que sorria provocantemente.

Esse guerreiro desafiou justamente os três mestres dos três jovens que maltrataram Reed e venceu os três, um seguido do outro, o que deixou o povo que assistia estarrecido de alegria *ninguém era muito fã das três casas dos escudeiros*.

“O Cavaleiro da Árvore que Ri” tomou para si, às armaduras e cavalos dos derrotados, e se afastou da competição logo sem seguida. Quando o trio derrotado buscou resgatar seus pertences *porque em torneios era assim, perdeu, desce e entrega armadura, cavalo… tudo pro vencedor.

Os três mestres conversaram com o cavaleiro vencedor e ofereceram pagamento em ouro por suas coisas, o então cavaleiro ainda com o capacete apenas disse:

– Ensine honra os seus escudeiros e sua divida esta paga! – logo em seguida os Cavaleiros puniram seus escudeiros severamente.

*ALERTA TEORIA: muitos acreditam que por trás daquele capacete se entrava Lyanna Stark, pois foi ela quem salvou Howland dos tais escudeiros inicialmente; para mim seria muito emocionante saber que ela fez isso por ele mais uma vez… Mais incrível ainda se isso fosse mostrado em visão para Bran pelo menos nos livros * digo nos livros porque não acho que a serie terá tempo para abordar os ocorridos em HARRENHAL com tantos outros tópicos em aberto a serem encerrado em apenas seis episódios.

O Cavaleiro atraiu atenção indesejada, principalmente de Robert Baratheon que estava determinado a desmascará-lo a pedido do Rei, pois Aerys II estava certo que o cavaleiro era seu inimigo e conspirava para ridicularizá-lo perante o povo.

CURIOSIDADE 6: nessa época o rei já estava insano, escutando sussurros e intrigas em todos os lugares por aonde ia, a loucura já estava evidente e ele acreditava que o próprio filho estava tramando contra ele para tomar o trono à força, se isso era ou não verdade ainda não se sabe, talvez ate estivesse mesmo, mais devido à loucura do pai do que qualquer outro motivo de poder e acreditava que esse “Cavaleiro da Arvore que Ri” estava a mando de algum inimigo dele.

Na próxima manhã, o Cavaleiro desapareceu. O Rei, furioso e insatisfeito com a guarda, enviou o próprio Príncipe Rhaegar para procurá-lo, mas apenas seu escudo foi encontrado.

CURIOSIDADE 7: existe a teoria que afirma que o tal cavaleiro da arvore que ri era a jovem loba Lyanna e que Rhaegar, ao descobrir sua identidade se apaixonou imediatamente por ela e para protegê-la de possíveis punições escondeu o fato do pai e rei… Mas isso não foi ainda confirmado nos livros e nem na série.

O torneio teve seu encerramento com a vitória de Rhaegar; que segundo as memórias de Ned, naquele dia conseguiu derrubar Brandon Stark, Yohn Royce, Arthur Dayne e Barristan Selmy de seus cavalos e assim ganhando o direito de eleger a “Rainha do Amor e da Beleza” do torneio; o vitorioso Rhaegar fez seu cavalo passar direto por sua esposa Elia Martell e depositou a “coroa de rosas de inverno” no colo de Lyanna. Naquele momento, “todos os risos tinham morrido”.

CURIOSIDADE 8: rosas azuis eram as preferidas de Lyanna desde a infância… Situação desconfortável kkkk.

Esse fato foi escandaloso, não apenas porque Rhaegar era casado com Elia Martell de Dorne, mas a própria Lyanna que era noiva do Robert Baratheon e o mesmo estava sentado a seu lado na arquibancada.

Sir Barristan se culpou muitos anos por não derrotar Rhaegar naquele dia, pois assim, poderia ter coroado sua própria amada Ashara Dayne como a rainha do amor e da beleza e possivelmente evitando a Rebelião de Robert que ocorreu pouco tempo depois.

Sem dúvida esses eventos no torneio deram inicio a fatos que levaram à famosa “REBELIÃO DE ROBERT” que teve como desfecho a coroação da Casa Baratheon como nova regente dos “Sete Reinos”, tema essa que será abortado em um próximo post…

bjos seus lindos o/ fui.

Aproveite e confira o último vídeo do nosso canal:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Compartilhe:

Quem escreveu?

Marcela Simões

Devoradora de livros, Hq’s, mangás, filmes, séries, animes - enfim, tudo que envolva fantasia me atrai, mas não me limito a esse tipo de enredo; bem eclética, amo quando mergulho em algum tema e só o abandono depois de ter conseguido toda e qualquer informação possível. Puxar assunto? Fale de Game of Thrones ou Harry Potter que o papo vai longe!

Receba todas as notícias do mundo nerd em primeira mão!

Receba todas as notícias do mundo nerd em primeira mão!

Inscreva-se na newsletter do Coxinha!

Por favor, cheque seu email para confirmar a inscrição!