Girls Power Tech: Cisco investe em mulheres na tecnologia!

-por , em 03/05 -
Girls Power Tech: Cisco investe em mulheres na tecnologia!

Na última semana, fui convidada pela Cisco para acompanhar um evento super legal que rolou aqui no Rio de Janeiro. A empresa investe e incentiva em eventos como esse que rolou, para motivar garotas que amam tecnologia a ingressar no mercado de TI – sabemos como o mercado é muito dedicado ao público masculino! Participaram do evento, alguns executivos da própria Cisco, um atleta brasileiro que participará da para-olimpíada (aliás, aula de motivação e amor próprio) e, claro, garotas formadas pelo projeto Técnico Cidade Olímpica, que eu vou explicar um pouquinho melhor depois. Leia mais sobre o evento:

A Cisco abriu suas portas, no dia 28 de abril, e recebeu jovens com idade entre 16 e 25 anos para participar do Girls Power Tech, uma iniciativa global da companhia que tem como objetivo encorajar e inspirar adolescentes e jovens mulheres a seguir carreiras no mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). A ideia foi mostrar como funciona uma empresa de tecnologia e as oportunidades na área.

“A proposta do Girls Power Tech é dar às jovens informações para que, no momento em que forem escolher a carreira, também levem em consideração profissões ligadas à tecnologia, área que ainda conta com uma presença masculina maior. O mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) tem muitas oportunidades de desenvolvimento de carreira e pode contribuir ainda mais para o empoderamento feminino”, explica Flavio Provedel, gerente de Responsabilidade Social Corporativa da Cisco Brasil.

O evento deste ano foi realizado simultaneamente em São Paulo e no Centro de Inovação da Cisco no Rio de Janeiro e contou com a participação de convidadas especiais: alunas formadas no Programa Técnico Cidade Olímpica, realizado pela Cisco, em parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia da Cidade do Rio de Janeiro (SECT), para capacitação de jovens que poderão trabalhar como técnicos de rede durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 ou serem absorvidos pelo mercado. O curso tem sido ministrado nas Naves do Conhecimento da Prefeitura do Rio de Janeiro e já formou mais de 200 pessoas em sua primeira fase.

VEJA TAMBÉM: #RIO2016 O LEGADO DE INOVAÇÃO

girls power tech cisco

As jovens participaram de bate-papos com executivos da empresa e convidados, que compartilharam suas experiências, rotina profissional e suas trajetórias no mercado de TI, falando sobre as dificuldades e oportunidades que enfrentaram. As participantes são alunas do programa educacional Cisco Networking Academy. Em São Paulo, a Cisco recebeu 30 jovens das academias Associação Comunitária Despertar, CIEE e Senac São Paulo. Já no Rio de Janeiro, participaram 45 jovens do programa Técnico Cidade Olímpica, do Instituto Federal do Rio de Janeiro, da Fatec e do Senac Rio de Janeiro. Os dois grupos ficaram conectados por meio das ferramentas de Telepresença e Webex. As Naves do Conhecimento de Triagem, Madureira, Padre Miguel e Nova Brasília, no Rio de Janeiro, também foram conectadas ao evento por meio das tecnologias de colaboração da Cisco.

O Girls Power Tech contou com a participação da professora e assessora especial da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Maria Helena Cautiero Horta Jardim, da gerente geral de Sustentabilidade do Comitê Rio 2016, Tânia Braga, e do atleta paralímpico medalhista de ouro embaixador da Cisco, Yohansson Nascimento. A abertura do evento foi feita pelo gerente de Responsabilidade Social Corporativa da Cisco Brasil, Flavio Provedel. O novo presidente da Cisco Laércio Albuquerque também conversou com as jovens.

VEJA TAMBÉM: CONHEÇA A TECNOLOGIA DO #RIO2016

Girls Power Tech Cisco

O Girls Power Tech faz parte do Girls in ICT Day, iniciativa Idealizada pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) para sensibilizar as jovens sobre a importância de ter mais mulheres nesse mercado de trabalho. A ação também foi replicada em mais de 80 escritórios em mais de 50 países no mundo todo. No total, a Cisco recebeu mais de 3.000 jovens em seus escritórios.

Eu fiquei apaixonada pelo projeto e pela iniciativa da Cisco em levar mulheres apaixonadas, cheias de força e garra para arrasar e mostrar o que sabem fazer de melhor no universo da tecnologia. Mais do que apoiar a mudança dos novos tempos, a Cisco é uma empresa que anda investindo e construindo muito na área – ou seja, acho que ainda teremos muitas novidades sobre a Cisco, o Rio de Janeiro, as Olimpíadas e, claro, o mundo da tecnologia por aqui!

Obrigada Cisco pelo convite, amei estar presente nesse momento lindo!

Beijos e até a próxima! Tchau!

LEIA TAMBÉM:

PROMONLOGICALIS ADERE À TECNOLOGIA INTERCLOUD DA CISCO

70% DO MUNDO USARÁ DISPOSITIVOS MÓVEIS EM 2020

APOCALIPSE ZUMBI: ESTAMOS SALVOS!

VOCÊ CONHECE A HISTÓRIA DO BATMAN?

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você