Falta apenas uma semana para a estreia de uma das séries – ou “nostalgias” – mais aguardadas de 2016: Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar da Netflix. Um término com carinha de “saudosismo” para os fãs que, assim como eu, tiveram que ficar órfãos das histórias de Lorelai e Rory cedo demais.

Inspirados no retorno da série e na relação de mãe e filha, tão importante para a história, a Netflix realizou uma pesquisa Global. A pesquisa revelou que mais da metade das mulheres no Brasil (74%), deseja falar mais com sua mãe.

Mais da metade das mães e filhas pesquisadas (70%) relata que as discussões depois de uma série são a melhor parte de se compartilhar um programa. De fato, assistir televisão juntas é tão importante que, apesar da distância, mais da metade das mães e filhas (83%) pensa que isso as aproxima.

Não importa qual tipo de relação mãe-filha você tem, com certeza você se identifica com alguma das mães e filhas de Gilmore Girls. A pesquisa constatou que no Brasil as relações mãe-filha se dividem em três grupos:

  • 53% das entrevistadas dizem que são melhores amigas como Rory e Lorelai.
  • 29% dizem que podem ser opostos como Lane e Mrs. Kim, mas eles só querem o que é melhor uma para a outra.
  • 18% sabem que pode ser complicado, assim como Lorelai e Emily, mas elas não podem imaginar a vida sem o outro.

Se você ainda não assistiu nosso vídeo sobre a série Gilmore Girls, assista aqui e mate a saudade antes da estreia:

Leia mais sobre Gilmore GirlsNetflix

Compartilhe: