O ritmo da segunda temporada progrediu de acordo com a nossa tensão e ansiedade para ver algumas partes da história se resolvendo. Depois de receber algumas críticas sobre os três primeiros episódios e sua lentidão ao mostrar os acontecimentos, parece que Game of Thrones conseguiu novamente silenciar os reclamões de plantão e mostrar como se filma uma verdadeira história medieval. O 10º episódio e último desta temporada (exibido ontem, 03/06 no Brasil), conseguiu arrancar gritos e arrepios de muitos fãs. Se você ainda não viu o último episódio, pense bem antes de continuar a leitura pois não os pouparei de spoilers a partir de agora!

 

Quem se destacou nesse último episódio? (pode até ser resposta de mulherzinha…mas…) Sou fã incondicional da Daenerys e de seus filhotinhos dragões, ela, filha da Tormenta tem se mostrado muito mais forte do que muitos imaginavam. Passou a segunda temporada inteira recebendo críticas por não estar fazendo nada, participando de nada, por ser basicamente uma mosca morta… Mas na minha opinião, ela e a Arya (depois falo dela) foram as que mais cresceram e amadureceram durante toda esta temporada. A postura inicial da caminhada pelo deserto vermelho e a postura final de sua decisão em utilizar os dragões em defesa  demonstram o amadurecimento da personagem (bem RPG isso hein?). A prisão do rei de Qarth com a criada no cofre, o roubo de todos os seus pertences e a cena final da caminhada com seus filhotinhos demonstram como uma tendência pode mudar e o mais importante, o quanto que uma tendência demora a mudar…foi preciso toda uma temporada para justificar a mudança.

 

A minha segunda personagem favorita é a pequena Arya Stark. Sua participação nesta segunda temporada foi particularmente espetacular. Como já disse inúmeras vezes, ainda não li os livros, então não posso falar muito sobre seu futuro ou o que realmente está acontecendo com ela, posso apenas criticar a temporada que acabou. E ela amadureceu demais, mostrou que sua determinação em aprender a lutar quando era menor era apenas o começo de tudo o que ela poderá fazer. Sua conversa final com o enigmático Valar Morghulis já deixou o caminho aberto para mais uma aventura da parceria que tornou a vida da menina muito mais simples ao conviver com o Papai Lannister. Boa sorte para ela e seus dois novos amigos – que por sinal, parece que ainda vai render muito. Uma Stark e um Baratheon original caminhando juntos para a guerra? Acho que ja vimos esse filme antes…

 

Honestamente, não sei o que esperar da família Lannister. Seus erros já foram mais do que expostos (como o relacionamento da rainha com seu irmão Jamie), suas maluquices já foram odiadas (como o assassinato em praça pública de Stark) e sua sede pelo poder já foi mais do que compartilhada com o povo, mas vou dizer… O destino curte mesmo esses loirinhos! Tyrion obviamente tomou a decisão correta em ficar ali, mesmo rejeitado e humilhado, ao lado de sua família, ele é um poço de informações e ganância, um prato cheio para qualquer um que queira dominar o reino. Joffrey, mais uma vez, se deixou manipular por ser arrogante demais para perceber o quanto é idiota. Seu casamento com certeza será muito divertido, com aquela que está determinada em ser apenas rainha, não importa a que custo. Enfim, vamos esperar e ver no que isso tudo vai dar…porque para os Lannisters, parece que tudo voltou ao normal.

 

A temporada terminou bem, os “The walking deads” realmente chamaram a minha atenção, aquele líder branco e de olhos azuis, o cavalo ensanguentado, os milhares de mortos vivos caminhando em direção a muralha demonstram que a terceira temporada vai ser mais, mais e mais f* do que a segunda e a primeira juntas. Não acham? Sobre o casamento de Robb Stark, só tenho uma coisa a dizer: whatever! Sobre John Snow, preciso muito dividir com vocês: ser bastardo do Stark já é ter nascido virado para a lua, tudo o que acontece com ele tem um motivo e uma razão maior… Estou apenas esperando, porque esse cara ainda vai fazer e acontecer nesse seriado. E sobre o maluco do “herdeiro de ferro” que estava ocupando Westeros…bem, ele é maluco e isso ficou mais evidente.

Compartilhe: