Olá Coxinhos queridos, tudo bem? As duas próximas semanas serão de muita angústia para os fãs da série medieval de maior sucesso no mundo inteiro. Teremos a finalização da terceira temporada de Game of Thrones, com muita tristeza em nossos corações. Não esquecendo que sempre teremos os livros para nos confortar aos domingos antes de dormir. Temos muitas coisas para descobrir ainda, portanto, não podemos desanimar.

 

É sério que ainda tem gente reclamando da terceira temporada e do rumo da história? Desde o começo, Game of Thrones deixou claro que a manipulação, os joguinhos políticos e de poder eram até muito mais importantes do que qualquer batalha. E tem mais, na época da história do livro, as guerras demoravam séculos as vezes, não existia a facilidade que temos hoje né? E tem mais, é muito bom acompanhar os bastidores de uma guerra pelo trono de ferro, como a do seriado/livro de George R. R. Martin. Encantador, eu diria.

 

game of thrones daenerys

 

As cenas de Daenerys estão dando o que falar mesmo, acho que até para os que leram os livros, ver a representação desses acontecimentos é fantástico. Daenerys deu mais um passo rumo ao trono de ferro (espero eu), só tenho medo de uma coisa: a vida é equilibrada, coisas ruins e coisas boas acontecem com todo mundo. No mundo de George R. R. Martin, mais coisas ruins acontecem, superando tudo de bom que rola. Com a Daenerys está acontecendo uma coisa boa atrás da outra. Quando rolar a coisa ruim, mas vai ser tão grande, tão grande, tão grande, que eu to com muito medo (quase ligando para o RR Martin).

 

Adorei os ‘Second Sons’, ela curte mesmo esse estilinho de homem né? Bem bárbaros, sujos, guerreiros e com vontade de matar qualquer homem que esteja pela frente e de pegar qualquer mulher que passe em seus caminhos. Bom, como a atração da filha da tormenta é sempre recíproca com esse povo, um dos líderes dos ‘Second Sons’, mais precisamente o tenente dentuço, gamou na loirinha. Ele matou seus companheiros líderes e pronto, ela ganhou mais um exército, desta vez com 2.000 homens, mais bem preparados, com montaria e muito mais treinamento de guerra. Quer coisa melhor? Medo do que vem pela frente.

 

game of thrones joffrey e sansa

 

Finalmente chegou o dia do casamento entre Sansa e o pequenino Tyrion. Que peninha que eu fiquei do anão. Sério, não consegui sentir pena da Sansa, ela já sofreu tanto que endureceu o coração e agiu de forma extremamente política e correta durante todo o casório. Tyrion, por sua vez, sofreu do começo ao fim. Seja nas mãos de seu sobrinho insuportável que fez questão de humilhar os noivos do começo ao fim da cerimônia e festança, ou nas mãos de sua amante – que esteve presente em toda a festa, trocando olhares com ele. Seu coração estava partido e ele foi um verdadeiro ‘gentleman’ ao recusar ir para cama com sua esposa por obrigação, deixando nas mãos dela a vontade de lhe dar um herdeiro.

 

Cersei, por sua vez, foi letal em sua conversa com Margaery, contando a história da família que foi extinta ao tentar superar o poder e a riqueza dos Lannisters. A cara da futura rainha foi impagável – ok, eu não curto nada do que a Cersei faz, mas essa a menina estava merecendo, toda abusada, crente que é gente já… Ela precisa lembrar que ainda não virou rainha né? Tudo tem limite. O sofrimento que Cersei  vai ter ao se casar com Loras (tadinho), ao ver seu Jamie retornando para casa com Brienne e ao perder a autonomia no reino com o casamento de Joffrey – kkkkkkk, ansiosa pela expressão de “PERDI TUDO”.

 

game of thrones baratheon

 

Tenho uma queda por personagens de feitiçaria, o papo de ‘Valar Morghulis’ está me deixando mais curiosa ainda. Acho que descobrirei muito mais sobre o que me encanta na história e deixarei meus leitores mais felizes lendo os livros, e depois de muito resistir, decidi ler o primeiro logo depois do fim desta terceira temporada. Acho que esta leitura não me influenciará mais. 😉 Lerei o primeiro e o segundo antes de começa a quarta temporada e somente depois da quarta temporada lerei o terceiro – já que ela retratará o final do terceiro livro.

 

Mas voltando, o ritual entre Melisandre e o bastardo de Robert Baratheon resultando naquele rito fantástico de ‘assassinato de sangue sugas’ com os nomes dos que ele espera que morra me deixou arrepiada. Robb, Joffrey e Greyjoy precisam se cuidar ou morrer rapidamente nos próximos dois episódios. Analisando: Robb pode morrer porque os roteiristas da série já fizeram o trabalho sujo de nos deixar meio avessos ao personagem, ele anda fazendo mais m* do que Joffrey. Joffrey é detestado desde sua primeira aparição quando ainda era um menino com cara de fuinha, portanto, morra. Greyjoy, sério? Sem sofrimentos por este também. Só sei de uma coisa: Daenerys não estava na lista e isso inclui mais uma coisa boa em sua lista de acontecimentos, reforço aqui meu medo pela coisa ruim que acontecerá com ela.

 

arya

 

O que falar de Arya? Ela está preparada para tudo o que saberá ao reencontrar sua mãe e irmão? Ela realmente reencontrará sua mãe e irmão? Porque esse encontro está enrolado demais hein? Demorando duas temporadas, sei lá se ainda acontece. Só sei que ela está se tornando uma de minhas guerreiras preferidas, com o coração Stark de verdade – aliás, muito mais do que Sansa e Robb (esse nem se fala). Assumir um trono só porque seu pai morreu e você é o primeiro na linha de sucessão não é necessariamente a coisa mais inteligente e estrategista do mundo. Torcendo para a Arya quebrar geral! 😉 Não estou somente ansiosa pelo próximo episódio nesta semana, estou ansiosa pelo término da terceira temporada e pela quantidade de gente que ainda vai morrer nas próximas duas semanas, ai ai… Assista ao preview do nono e penúltimo episódio:

 

 

Você vai gostar também de:

 

game-of-thrones-s03e07 game of thrones s03e06 game of thrones s03s05 game of thrones s03e04

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

Já estou com muitas saudades!
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter

Compartilhe: