GAME OF THRONES | Casa Nymerios Martell: O príncipe, seu irmão e a trama contra os Lannisters!

QUEM SÃO OS NYMERIOS MARTELL?

Doran Nymerios Martell é príncipe regente de Dorne e herdeiro do “Palácio de Lançassolar”: moreno, alto e esguio, de cabelos curtos e cheios; mesmo ainda jovem passou a ter os cabelos grisalhos e nunca foi descrito como belo, no entanto, dentre seus irmão era visto como o mais astuto e foi treinado desde sempre nas estratégias de guerra e artimanhas das negociações para assumir Dorne quando adulto.

Doran é o irmão mais velho de Elia Nymerios Martell e Obryen Nymerios Martell, teve mais dois irmãos mais novos que faleceram na infância: Mors e Olyvar.

Depois da morte de seus irmãos Mors e Olyvar, Doran foi criado sozinho, o que estimulou sua tendência de não expressar seus pensamentos ou sentimentos para os demais membros de sua família.

De temperamento calmo e sereno, Doran foi feito escudeiro em Costa do Salquando tinha entre 14 a 16 anos, castelo esse pertencente à Casa Gargalen, localizada no litoral mais ao sul de Dorne; anos mais tarde viajou para as cidades livres e lá conheceu sua esposa Mellario de Norvos: uma mulher de origem nobre e muito bela, porem, casamentos por amor são bem incomuns em Westeros, normalmente são amarrações políticas bem desenroladas para garantir alguma vantagem para ambos os lados, porem, nesse caso foi amor mesmo.

Doran trouxe Mellario a Dorne e se casou sem maiores problemas, pois o casamento mais importante para sua família estava em negociações finais: sua irmã Elia Nymerios Martell, que ainda era uma menina na época, foi prometida ao príncipe herdeiro dos Sete Reinos Rhaegar Targaryen; isso facilitou a vida de Doran, permitindo assim, que ele escolhesse a mulher de seu agrado como esposa. Juntos o casal teve três filhos: Arianne, Quentyn e Trystane. *mas lhes darei mais detalhes a frente!

Voltemos-nos para Oberyn Nymeros Martell irmão mais novo do príncipe herdeiro Doran e da princesa Elia; Oberyn tinha características distintas e marcantes, de cabelo farto e brilhante no tom negro marcado com um bico de viúva *que se trata de um V que o cabelo faz próximo à testa* com alguns fios brancos próximos a fonte, o que dizem que o deixam ainda mais charmoso; de sorriso fácil, seu olhar sempre é descrito como “diferente”, lembrando muito o olhar gélido e penetrante de uma cobra; com sobrancelhas finas e um nariz pontudo; ele é destemido e luxurioso, de pensamento rápido e de língua afiada; muito bem humorado, sempre apreciou festas e vestimentas nobres. *Sua arma de combate preferida era a lança e era um gênio com ela em mãos.

Sempre se deu muito bem com ambos os irmãos, no entanto tinha um profundo amor por sua irma Elia. *Quando jovem foi enviado a Arenito, castelo sede da Casa Qorgyle, para aprender a viver sem sua família por perto, assim, como aprimorar suas técnicas de combate.

Obryen sempre foi um ótimo cavaleiro e participava de torneios assim como tantos outros nobres de Westeros. Oberyn foi o responsável por acidentalmente aleijar Willas Tyrell justamente durante um torneio: Obryen o derrubou do cavalo e infelizmente, seu pé ficou preso no estribo e ele puxou o cavalo para cima de si, esmagando sua perna e o deixando aleijado.

CURIOSIDADE 1: Diferentemente da série onde Olenna Tyrell “Rainha dos Espinhos” e sua neta Marjorie estão planejando casar Sansa com Loras *que é o filho caçula da família Tyrell, nos livros o plano é que Sansa seja destinada a Willas *o filho mais velho e o verdadeiro herdeiro do Jardim de Cima o que daria a Sansa o titulo de “Lady da Campina” quando o mesmo assumisse o lugar do pai Mace Tyrell*; Willas é um homem bom, estudioso e dizem que muito melhor em administrar a Campina do que seu pai; honrado e forte, seria um bom marido para Sansa e dessa forma a Campina faria uma aliança com a Casa Stark, o que poderia trazer a paz novamente entre o reino e o Norte. *Elas planejavam isso em segredo ate mesmo de Mace Tyrell e pediram sigilo absoluto a Sansa, no entanto, mais uma vez, imprudentemente Sansa diz a Dontos Hollard sobre o plano, ele repassa a informação a Petyr Baelish: Mindinho por sua vez frustra a trama, falando sobre o plano para o Senhor Tywin Lannister, que rapidamente casa Sansa com o seu próprio filho, Tyrion Lannister.

Aos dezesseis anos, Obryen foi pego na cama com a “amante” do Lord Edgar Yronwood, que devido à afronta o desafiou para um duelo de primeiro sangue *ou seja, ate o primeiro a derramar sangue.

Ambos se cortaram praticamente ao mesmo tempo e foi assim declarado empate, porem, o ferimento de Lord Yronwood infeccionou e o levou a óbito poucos dias depois, o que fez muitos acharem que a lamina usada pelo príncipe estava envenenado e foi dai que surgiu seu apelido de “Víbora Vermelha”.

Como punição pela ação traiçoeira, Obryen foi exilado para além mar; seu irmão Doran, para amenizar o caos provocado pela morte do Lord Yronwood, decidiu que seu segundo filho Quentyn seria criado pelo neto e herdeiro da Casa Yronwood, o Lorde Anders, fazendo assim, um príncipe servir-lo como escudeiro e pajem; o menino se tornou cavaleiro muito rapidamente o que trouxe honra e respeito novamente entre as casas.

O envio de Quentyn para ser criado pela Casa Yronwood causou em Mellario uma profunda raiva pelo marido: apesar de terem casado por amor, o casamento não foi muito feliz, principalmente depois dessa decisão por parte de Doran.

Mellario não se adaptava bem aos costumes Dorneses e logo após o nascimento de seu terceiro filho Trystane, ficou cada dia mais desgostosa de viver na corte dornesa e voltou para Norvos magoada com Doran, deixando pra trás a vida de princesa, assim como, seus outros filhos.

Obryen não era acomodado, aproveitou o exílio e viajou o mundo conhecido e se demorou pelas cidades livres onde aprendeu conhecimentos de venenos ainda mais letais que os existentes em Dorne, muitos alegam que ele também se especializou em magia das trevas, porem, são apenas rumores; intensificou seus conhecimentos em batalha, combatendo lado a lado com os mercenários chamados de “Segundos Filhos” por um tempo ate criar sua própria companhia *de nome desconhecido.

Inteligente e destemido, chegou a estudar na Cidadela, conseguindo alguns elos para sua corrente, porem, ficou entediado e abandonou a ordem antes de fazer o juramento perpetuo.

Anos mais tarde, príncipe Doran permitiu que o irmão retornasse para casa, poucos anos antes do casamento de Elia com Rhaegar, refazendo assim, a amizade entre os irmãos.

CURIOSIDADE 2: Sendo um homem muito liberal, Obryen possui oito filhas bastardas, intituladas as “Serpentes da Areia”, sendo as quatro mais velhas, cada uma de uma mãe diferente *amantes que Obryen teve durante sua mocidade; as quatro mais novas são filhas de sua atual amante, Ellaria Sand (dizem que eles realmente se amavam e só não casavam para não estragar o clima de impróprio que a relação deles tinha). Diferentemente de muitos nobres, Obryen buscou cada uma de suas meninas e as trouxe para a corte de Lançassolar, deixando-as aos cuidados de Doran durante seu exílio, para serem treinadas e criadas com luxo e educação; com seu retorno a Dorne tomou para si a responsabilidade de educá-las; ele as ensinou a se defender e lhes deu independência de escolherem seu caminho sem nunca esquecerem que são de sangue de um verdadeiro príncipe dornes; Oberyn era um homem com liberdades sexuais e nos livros há insinuações de que ele seja bissexual *na serie, sua bissexualidade foi confirmada quando ele esteve com Ellaria em Porto Real.

Anos mais tarde, Obryen foi a Capital visitar  a irmã e a acompanhou durante os eventos do “Torneio de Harrenhal”; meses depois de seu retorno a Dorne, chegou a seu conhecimento que o reino estava em guerra mais uma vez, no entanto dessa vez o estopim para tais eventos foram o sumiço de seu cunhado Rhaegar Targaryen e da jovem Lyanna Stark, seguido da morte do Lorde de Wintefeell:  Rickard Stark e seu primogênito Brandon. *ambos mortos através de “Fogo Vivo” a mando do Rei Aerys II.  o/ já temos um post aqui no site com muitos detalhes sobre esses fatos.

O Rei Aerys II manteve a princesa Elia e seus filhos cativos dentro da “Forteleza Vermelha”, porem, tanto nos livros como na série pouco se fala sobre as motivações para tal; alguns fãs especulam que o Rei Aerys II os manteve lá para garantir o apoio de Dorne durante os confrontos, outros alegam que o rei tinha uma obsessão pela nora e que talvez seus filhos na verdade fossem do rei e não do príncipe Rhaegar, o que viria a justificar “a anulação de casamento entre Rhaegar e Elia” revelada na sétima temporada da série. *essa informação ainda permanece em aberto no enredo dos livro de Got e dependemos dos próximos para maiores informações, sendo assim, não irei me prolongar nesse assunto hoje.

Ao fim dos eventos do “Saque a Porto Real”, chegou a noticia do estupro e morte de Elia e seus filhos: cego de ódio, Obryen tentou levantar o povo dornes em apoio a Viserys Targaryen, porem, o príncipe regente Doran abafou a revolta e segurou seu irmão, para assim, buscarem por vingança em um mais oportuno no futuro.

Obryen foi então enviado algum tempo depois para Bravos em segredo absoluto, sobe a desculpa de estar sofrendo demais pela morte recente da irmã e precisar de distancia, lá ele se encontrou com Willem Darry.

CURIOSIDADE 3: em Bravos, Willem viveu com Viserys e Daenerys na “casa com a porta vermelha” citada por Danny algumas vezes ao longo da obra de Martin, Willem cuidou de Viserys e Danny durante a infância de ambos até que faleceu; até hoje ainda existem duvidas e teorias se a casa descrita como tendo a tal porta vermelha é mesmo em Bravos ou não. *maiores detalhes em breve nos perfis de Viserys e Daenerys.

Nesse encontro foi assinado um acordo onde Viserys Targaryen se casaria com Arianne Nymerios Martel herdeira de Dorne em troca do apoio dornes a sua reinvidicação ao “Trono de Ferro” que seria articulada no futuro, fazendo de Arianne a futura Rainha dos Sete Reinos.

CURIOSIDADE 4: outros possíveis jogadores-chave neste plano são Magíster Illyrio Mopatis de Pentos, Lorde Jon Connington, Miles Toyne comandante da Companhia Dourada e Varys, porem, não tive confirmações ate o momento atual dos livros.

Esse tratado permaneceu em sigilo absoluto, pois a coroa Baratheon não podia desconfiar de tal armação; quando retornou a Dorne, Obryen juntamente a seu irmão Doran trabalharam em segredo, buscando o fim do reinado de Robert Baratheon e a queda da Casa Lannister.

Anos mais tarde, com a morte do Rei Robert, o príncipe Doran se recusou a jurar fidelidade a Joffrey I.

Tyrion Lannister, que na época se encontrava no cargo de “Mão do Rei” viu ali uma oportunidade de aliança e uma possível paz entre suas casas.

CURIOSIDADE 5: a casa Lannister necessitava de apoio devido a rebelião Nortenha que ganhava força; os exércitos de Renly Baratheon e Stannis Baratheon, que também desejavam a coroa estavam separadamente, planejando ataques a Capital. Sem muitas alternativas Tyrion acabou propondo ao Príncipe Doran uma aliança via casamento e enviou a princesa Myrcella para viver em Lançassolar como prometida ao príncipe dornes Trystane, filho mais novo de Doran e ainda lhe ofereceu um assento no “Pequeno Conselho do Rei” e assim que Myrcella estive segura em Dorne, o regente dornes encaminharia seus exércitos para fortalecer os exércitos de Tywin Lannister através das montanhas, ameaçando os então Lords Rebeldes.

O Príncipe Oberyn foi a Porto Real pouco tempo depois de finalizar esse acordo para reivindicar o assento no pequeno conselho em nome de Doran; infelizmente pouco tempo depois disso Tyrion foi acusado do assassinato do Rei Joffrey I, Oberyn já havia tomado seu lugar como conselheiro real e foi um dos juízes, ao lado de Lorde Tywin Lannister e Lorde Mace Tyrell. *o caso de Tyrion Lannister acabou por ser decidido por Combate.

No dia anterior ao julgamento por combate, Oberyn se ofereceu para ser o campeão de Tyrion, desde que ele lhe revelasse quem era o responsável pelo assassinato de Elia.

Tyrion aceitou sua proposta: negou o envolvimento de seu pai, mas revelou que Sor Amory Lorch havia matado Rhaenys com um único golpe de espada, partindo a menina ao meio e Sor Gregor havia matado Elia e Aegon de forma ainda mais cruel: Sor Gregor entrou no berçário do Príncipe Aegon Targaryen, e matou o pequeno menino batendo sua cabeça contra a parede, em seguida ele estuprou e assassinou a mãe do menino, a princesa Elia Nymerios Martell, tendo sangue e partes do cérebro do menino ainda em suas mãos. o/ alguém mais concorda que Gregor o pior personagem de Got?

Nesse momento, Oberyn já sabia que “A Montanha” seria seu adversário; a oportunidade tão desejada há anos estava bem a sua frente e apesar de sua enorme desvantagem física Oberyn conseguiu ferir Clegane diversas vezes, e o aleijou durante o combate corpo a corpo.

Oberyn prolongava a morte de Gregor, tentando extrair dele uma confissão, mas o ameaçado Gregor, conseguiu agarrar Oberyn e esmagar seu punho coberto de armadura em sua face, matando-o imediatamente *o crânio de Obryen foi aberto ao meio nos livros; na série “Montanha” enfiou os dedões nos olhos de Obryen e esmagou seu crânio com a pressão de suas mãos.

Oberyn conseguiu sua vingança postumamente por ter embebido sua lança em veneno, fazendo com que Gregor morresse em uma tremenda agonia.

CURIOSIDADE 6: O veneno fez do sangue de Gregor um liquido grosso e negro; qualquer sanguessuga que o tocasse morria instantaneamente, sua urina era cheia de pus, e o veneno comera um buraco do tamanho de um punho em seu tronco; seus gritos de agonia foram tão altos que puderam ser ouvidos por toda a Fortaleza Vermelha, e até acordar várias pessoas durante a noite; morrendo, ele foi levado às masmorras embaixo da Fortaleza Vermelha por Qyburn, que ganhou permissão para fazer experimentos nele antes de sua morte iminente; de acordo com Qyburn, o veneno era de “manticora”, engrossado com “feitiçaria” para prolongar a morte da Montanha ao invés de matá-lo na hora do golpe.

Oberyn prolongava a morte de Gregor, tentando extrair dele uma confissão, mas o ameaçado Gregor, conseguiu agarrar Oberyn e esmagar seu punho coberto de armadura em sua face, matando-o imediatamente *o crânio de Obryen foi aberto ao meio nos livros; na série “Montanha” enfiou os dedões nos olhos de Obryen e esmagou seu crânio com a pressão de suas mãos.

Oberyn conseguiu sua vingança postumamente por ter embebido sua lança em veneno, fazendo com que Gregor morresse em uma tremenda agonia.

CURIOSIDADE 6: O veneno fez do sangue de Gregor um liquido grosso e negro; qualquer sanguessuga que o tocasse morria instantaneamente, sua urina era cheia de pus, e o veneno comera um buraco do tamanho de um punho em seu tronco; seus gritos de agonia foram tão altos que puderam ser ouvidos por toda a Fortaleza Vermelha, e até acordar várias pessoas durante a noite; morrendo, ele foi levado às masmorras embaixo da Fortaleza Vermelha por Qyburn, que ganhou permissão para fazer experimentos nele antes de sua morte iminente; de acordo com Qyburn, o veneno era de “manticora”, engrossado com “feitiçaria” para prolongar a morte da Montanha ao invés de matá-lo na hora do golpe.

Ao contrario do esperado, o príncipe Doran surpreendeu a todos quando ficou sabendo da morte do irmão: ele trancafiou as filhas de Obryen que vieram ate ele pedir vingança pelo pai na “Torre da Lança”, local esse destinado a aprisionar somente nobres, tentando assim conte-las antes que agissem de maneiro impulsiva e o atrapalhasse em seus planos futuros; enquanto isso sua filha Arianne planejou por conta própria coroar a princesa Myrcella como Rainha dos Sete Reinos no lugar do irmão Tommen. *segundo a lei dornesa, uma irmã mais velha tem direito hereditário sobre um irmão mais novo, fazendo de Myrcella a Rainha de direito e não Tommen, dessa forma garantindo a soberaninha de Dorne sobre Westeros.

CURIOSIDADE 7: Arianne é descrita como belíssima, com pele cor de oliva, grandes olhos escuros e longos cabelos negros que caem em cachos até o meio das costas, de estatura baixa e temperamento forte ao tratar questões de política; ela esconde seu corpo exuberante e curvilíneo com sedas fluidas, jóias e outras manifestações ostensivas de riqueza; Arianne é a filha mais velha de Doran e portanto herdeira de Dorne; ela é calculista, aventureira e feroz; tem 23 anos no enredo dos livros.

No entanto, os planos da princesa Arianne sairão terrivelmente errado.

Irei aborda-los com mais detalhes no próximo post… ate lá o/ bjos fui!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Compartilhe:

Quem escreveu?

Marcela Simões

Devoradora de livros, Hq’s, mangás, filmes, séries, animes - enfim, tudo que envolva fantasia me atrai, mas não me limito a esse tipo de enredo; bem eclética, amo quando mergulho em algum tema e só o abandono depois de ter conseguido toda e qualquer informação possível. Puxar assunto? Fale de Game of Thrones ou Harry Potter que o papo vai longe!

Receba todas as notícias do mundo nerd em primeira mão!

Receba todas as notícias do mundo nerd em primeira mão!

Inscreva-se na newsletter do Coxinha!

Por favor, cheque seu email para confirmar a inscrição!