FULLMETAL ALCHEMIST | Live-action garante sequência mesmo antes da sua estreia!

FULLMETAL ALCHEMIST | Live-action garante sequência mesmo antes da sua estreia!

VOU ATÉ ASSISTIR FULLMETAL ALCHEMIST OUTRA VEZ!

Criado em 2001 pela mangaká Hiromu Arakawa (a mesma criadora da nova versão de Arslan Senki), Fullmetal Alchemist alcançou o status de clássico em pouco tempo. Tanto que está até virando live-action!

Com sua estreia marcada para o final do ano, sendo mais específico no dia 1º de dezembro, a adaptação em live-action da saga dos irmãos Elric é uma das mais aguardadas pelos fãs no mundo inteiro.

Acontece que o sucesso do live-action é tão grande que, mesmo meses antes da sua estreia, Fullmetal Alchemist já garantiu uma sequência para o filme utilizando atores de carne e osso.

O anúncio foi realizado por Fumihiko Sori, diretor da adaptação, e Ryosuke Yamada, intérprete do protagonista Edward Elric, durante o painel do filme no Anime Expo, que acontece até hoje no Japão.

Pelo que dá a entender, a continuação se trata de uma parte 2 do primeiro filme, o que trouxe alívio para muitos fãs, que temiam que o filme fosse parecer corrido.

O mangá conta a história dos irmãos Edward e Alphonse Elric, dois alquimistas que perderam parte dos seus corpos tentando reviver sua mãe por meio de uma técnica proibida: a Transmutação Humana.

No caso de Edward, ele perde sua perna esquerda. Já Alphonse, perde todo seu corpo! Para salvar o irmão, Ed sacrifica seu braço direito e consegue unir a alma de Al à uma armadura. Depois de ser salvo por sua amiga e vizinha Winky Rockbell, Ed ganha duas próteses mecânicas, os Automails, no lugar de seus membros perdidos.

Ao se tornar um Alquimista Federal, Ed passa a ter acesso aos vastos recursos disponíveis àqueles que exercem o cargo. Os irmãos partem em uma busca pela Pedra Filosofal como um meio de restaurar seus corpos.

Veja mais sobre AnimesFilmes

Vinny Romanelli
por

Vinny Romanelli

Viciado em games, animes e action figures (NÃO-SÃO-BONECOS). Esse carioca da gema leva o Japão no coração. Quase um gibi ambulante, futuro marketeiro e chato quando chamam animes e mangás de "desenhos para crianças". See ya Space Cowboys!!!

Recomendamos para você