Escolha uma Página

APLAUSOS E MAIS APLAUSOS!

Não é preciso entender de carros para conhecer os nomes Ford e Ferrari. É provável que em algum momento da vida, você vá ver ou ouvir o ronco de um motor da marca italiana, seja nas ruas ou em uma pista de Fórmula 1. Embora conhecida pelas corridas nos grandes GPs, a Ferrari está entre as principais produtoras de carro do mundo. Igualmente conhecida, a Ford vai muito além de carros de passeio. Duas gigantes marcas do automobilismo têm suas histórias contadas em Ford vs Ferrari, que chega aos cinemas brasileiros em 14 de novembro.

O Filme

O título escolhido para o filme não foi dos melhores. Não há nenhum elemento atrativo trazendo apenas o nome das marcas para intitular uma das melhores produções do ano. A história por trás de Ford vs Ferrari vai muito além de marcas de carro e/ou a rivalidade criada entre elas. O filme fala de responsabilidade, de competência e no relacionamento entre dois homens, cuja amizade ultrapassou todos os limites de velocidade.

O filme é baseado na história dos pilotos Ken Miles e Carrol Shelby, conhecidos por suas performances na 24 Horas de Le Mans. Até os dias de hoje, o Campeonato Mundial de Endurance da FIA reune multidões de fãs ao longo do mundo. Como o nome já diz, estamos falando de uma corrida de 24 horas de duração, que acontece desde 1923, no Circuit de la Sarthe, na França. O circuito protagoniza o filme, mas não é o único a aparecer por lá. A Daytona 500 ganha seu destaque e traz uma das cenas mais bonitas da produção.

A Corrida

Após vencer a 24 Horas de Le Mans, a vida de Shelby mudou e ele resolveu se dedicar a venda de carros. Miles por sua vez, tentava ganhar a vida como mecânico. Nas horas vagas era conhecido pela forma como dirigia, sempre conquistando corridas pelo jeito ousado. A fama de Miles se dava por sempre exigir o máximos dos carros, levá-los ao limite. O comportamento sarcástico e orgulhoso também o acompanharam em suas pistas. Quando o assunto era o filho, porém, toda a armadura era deixada de lado.

A história de Ford vs Ferrari traz o relacionamento entre Shelby e Miles. O vendedor de carros e ex-piloto firma uma parceria com a Ford. Henry Ford II, cansado de ver o sucesso da Italiana Ferrari, busca uma maneira de vender carros. Após ouvir os conselhos de Shelby, decide investir em uma máquina de corrida para competir a Le Mans. Uma vez vencedor, seus produtos serão divulgados e as vendas podem acontecer. O sonho de Shelby unido com o objetivo da Ford. Tudo para dar certo…ou não.

Ford vs Shelby 

Trazendo um clássico exemplo dos verdadeiros interesses de uma empresa, a imagem da Ford é colocada a frente das chances de ganhar a corrida. Enquanto Carrol insiste em colocar Miles atrás do volante, Leo Beebe, diretor da Ford, só se preocupa com dinheiro e imagem. A disputa de interesses é o que dá forma ao filme, a verdadeira rivalidade.

 De um lado temos Miles e Shelby, buscando a melhor corrida de suas vidas. Do outro, Beebe e Henry Ford se preocupam apenas com a foto da primeira página. Os trâmites burocráticos vão causar raiva no público, que logo sente empatia pelo personagem de Miles. Pontos para Christian Bale. E quando tudo parece fugir da realidade, nos lembramos que o filme é inspirado em uma história real e tudo aquilo realmente aconteceu.

Ford vs Ferrari

Ford vs Ferrari passa sob os olhos tão rápido quanto seus carros. Embora todo o resultado do filme esteja disponível na internet, vê-lo sem conhecimento prévio é fundamental. A surpresa é a grande cereja do bolo, uma vez que não sabemos o que esperar. As corridas de Miles dão a mesma sensação de estarem acontecendo ao vivo, diante dos olhos. Torcemos quando dá certo, aplaudimos pela vingança que funciona e choramos quando dá errado.

A agonia diante de cada passada de marcha é inexplicável, assim como a sensação de orgulho que temos nas vitórias de Ken Miles. É um sentimento diferente, que torna Ford vs Ferrari uma das melhores produções do ano.

O Elenco

O elenco da produção foi minuciosamente escolhido e dá muito certo. Desde figurações bobas, como a participação de Ian Harding, tudo funciona. Pelo lado dos “vilões” temos um Jon Bernthal misterioso, que ganha o público pelo charme e por todo o apreço que temos por suas produções anteriores.

Josh Lucas interpreta Leo Beebe e é provável que vá te tirar do sério. As expressões do ator são tão boas, que temos vontade de entrar na tela apenas para lhe dar argumentos. Tracy Letts não aparece muito, mas é exatamente o Henry Ford II taciturno que o filme precisa. Protagoniza uma das melhores cenas do filme ao lado de Matt Damon em uma pista de corrida.

Caitriona Balfe e Noah Jupe são a família de Miles. Como esposa, sentimos a dor e agonia no olhar de Mollie cada vez que o marido entra em um carro de corrida. Peter, entretanto, é o contrário. A ansiedade e o orgulho que a criança sente pelo pai são um dos principais motivos de nos identificarmos tanto com Ken. Embora seja tratado como um deus dentro das pistas de corrida, ele é apenas um pai querendo fazer seu filho feliz, e o faz. Os diálogos e momentos que compartilham em cena são um show a parte, digno de arrancar lágrimas do público.

Damon e Bale, Bale e Damon

Matt Damon, embora possa ser considerado figurante diante de Christian Bale, não poderia estar melhor. O cartaz de divulgação do filme nos dá a impressão de que Bale e Damon serão rivais em cena, mas o contrário acontece. A amizade que se desenvolve entre o vendedor de carros e o piloto é orgânica, pura e muito bonita. Por mais que tenhamos uma certa aversão ao personagem de Damon no início, ao final só queremos abraçá-lo. Carrol Shelby não poderia estar melhor representado. O ator dá um show, como sempre.

A alma de Ford vs Ferrari tem nome e sobrenome. Christian Bale está simplesmente sublime, em uma de suas melhores atuações. Ele traz o sarcasmo, a ironia e a diversão para as telas com tamanha naturalidade e nos leva a pensar que Bale realmente entendeu o personagem. Mesmo com o jeito bruto, é o grande protagonista do filme, roubando a atenção em todas as cenas que protagoniza. Seus momentos dentro do carro são verdadeiras obras de arte, assim como fora dele. Miles estaria orgulhoso de ser representado por Christian Bale, sem dúvida.

Enfim…

Ford vs Ferrari deve estar entre as indicações ao Oscar 2020 e será mais do que merecido. A atuação de Bale é tão gigantesca que pode levá-lo a concorrer igualmente com Joaquin Phoenix, um dos favoritos. O filme surpreende a todos e deixa o público de boca aberta, com um sorriso no rosto e querendo aplaudir a produção. James Mangold acertou em cheio na forma como escolheu retratar a história de Shelby e Miles, assim como  na escolha de seu elenco. Mal saímos do cinema e já queremos voltar. Simplesmente incrível.

Ford vs Ferrari chega aos cinemas no dia 14 de novembro.