Movimento #ForaFeliciano e as revoluções de sofá!

-por , em 22/03 -
Movimento #ForaFeliciano e as revoluções de sofá!

Por todo o Brasil, milhares de pessoas lutam (da melhor forma) para tirar Marco Feliciano, o deputado polêmico da Comissão de Direitos Humanos. O movimento #ForaFeliciano está nas ruas, no twitter, no facebook. no youtube, nas páginas dos jornais, revistas, em tudo quanto é lugar. Será que estamos vendo mais um movimento da juventude brasileira que estará nas páginas dos livros de história nos próximos anos? Será que estamos vivendo mais uma vez um capítulo importante na história do nosso país?

 

Eu realmente espero que sim, não aguentava mais a passividade da minha geração. Estamos vivendo um momento de liberdade de expressão, em que negros finalmente podem viver seus dias sem que alguém os xingue no meio da rua, em que homossexuais podem andar livremente de mãos dadas porque são seres humanos e merecem fazer suas escolha. Um momento em que deveríamos julgar muito mais o interior do que o exterior das pessoas. Um momento em que deveríamos nos desprender de todos os preconceitos bestas que moveram a nossa sociedade para o lixão do mundo por tantos anos.

 

collor

 

Em 1992, vivemos um momento único, quer dizer, os jovens daquela época viveram, porque eu era só uma criança e não vivi praticamente nada, só anos depois através dos livros de história. Mas foi um momento de atitude, não estou dizendo aqui se sou contra ou a favor da política do Collor ou dos movimentos estudantis que encabeçaram esses protestos, só estou dizendo, que o povo tem muito mais voz do que pensa e utiliza. Pensem só: Políticos no país são quantos? E os brasileiros, povão mesmo, que acorda cedo para trabalhar todos os dias? Nós somos maioria, nós somos a voz, nós escolhemos os políticos. Se por acaso não gostamos dos trabalhos que eles executam depois de eleitos, temos por obrigação, que lutar para que todos saiam e entrem pessoas éticas em seus lugares.

 

Algumas pessoas podem dizer que o caso Collor foi bem diferente do caso Feliciano, já que um foi escolhido pelo povo e roubou dinheiro das pessoas e o outro foi escolhido por um Conselho e rouba a liberdade das pessoas. Pode ser diferente para você, mas para mim, rouba o orgulho, a honra e a vontade de viver de todos os afetados. Collor envergonhou o Brasil, assim como Feliciano está envergonhando neste momento. Em pleno século XXI e ainda estamos em um estado precário e caótico no âmbito social. Se isso não é uma vergonha, não sei mais o que é certo e errado nesta vida.

 

feliciano

 

Já não é de hoje que misturar religião e política dá errado. Estudamos isso quando éramos pequenininhos, a Tia Cotinha sempre dizia que esta mistura tem muitos conflitos de interesse que prejudicam demais a população. Infelizmente, muitos e muitos anos depois, ainda temos líderes religiosos com ambição acima do normal que precisam gritar aos quatro cantos do mundo o quanto eles tem poder, influência e manipulam a sociedade. Infelizmente, ainda temos hoje, no Brasil, um país dito católico (que prega o livre arbítrio), pessoas que não respeitam o cidadão, o trabalhador que verdadeiramente os sustentam no poder.

 

Hoje em dia, além de tudo o que temos que fazer para construirmos uma vida tranquila e próspera, ainda precisamos nos preocupar com as atitudes éticas dos grandinhos que assumem posições de poder, porque, aparentemente, eles não tiveram educação e ensinamentos o suficiente para agir como seres humanos honrados no dia a dia. Além de muito orgulhosa dos novos “caras pintadas”, que estão indo para a porta do congresso, que estão organizando passeatas e que lutam por um país melhor, me sinto orgulhosa de fazer parte de um movimento de muito peso também: o movimento dito “de sofá” que começa e termina nas redes sociais, mas que abala e muito as estruturas dos políticos por aí. Parabéns sociedade virtual, é trabalhando como um que teremos espaço para todos.

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

#ForaFeliciano #ForaFeliciano #ForaFeliciano #ForaFeliciano
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você