FLAT KINGDOM | Confira a crítica do jogo indie da Fat Panda!

-por , em 04/05 -
FLAT KINGDOM | Confira a crítica do jogo indie da Fat Panda!

CONFIRA A NOSSA CRÍTICA DE FLAT KINGDOM!

Lançado em 2016 nos Estados Unidos, Flat Kingdom foi um dos mais aclamados jogos de plataformas ano passado no país, sendo bastante elogiado pelo público e a crítica, o que acabou por levar ao lançamento do jogo em outros países, incluindo o Brasil, que ganhou uma versão legendada, a qual tivemos acesso para testá-lo.

Flat Kingdom tem uma história bem simples e ao mesmo tempo incrível. O jogo se passa anos depois das trevas, quando o Rei Quadrado conseguiu trazer a paz aos reinos, mas após o roubo de uma das jóias todo o conflito e os monstros retornam causando uma guerra maior ainda. Após todo o início do confronto, o rei convoca o personagem principal do game, Flat, que agora terá de batalhar contra Hex e todo o resto de sua equipe para recuperar as jóias e ainda conseguir salvar a Princesa Tri, que foi raptada pelo antagonista.

Lembrando muito os jogos antigos, Flat Kingdom desenvolve sua trama através de cenários 2D. A jogabilidade é simples e rápida de ser aprendida, sendo uma mistura muito bem desenvolvida de puzzles com a forma geométricas, que são os poderes principais do nosso herói. Os combates são bem fáceis, sendo até mesmo esse um dos poucos problemas do jogo, é somente saber selecionar a forma geométrica contra o inimigo, que tem uma inteligência artificial bem baixa.

As formas geométricas são basicamente o foco da gameplay. Cada forma realiza uma ação diferente, que se misturam consequentemente com o cenário explorável do jogo. Um exemplo é logo no início da trama, quando é preciso quebrar pontes de madeira para acionar alavancas e destravar o restante do nível. As formas ainda são utilizadas em cenas embaixo da água, quando é necessário utilizá-las para subir ou descer.

Os cenários também são de cair o queixo. A Fat Panda caprichou com tudo o que tinha a sua disposição. O estúdio desenvolveu com todo o cuidado cada centímetro do imenso mapa do game e de uma forma linda, já que o mapa é repleto de formas geométricas e ainda mais cheio de locais secretos para serem explorados, um prato cheio para quem é fã e já jogou muito Super Mario.

Mesmo tendo inúmeras qualidades, o que realmente chama a atenção em Flat Kingdom é a trilha sonora do jogo. Feita pelo genial Manami Matsumae de Mega Man, as músicas são escolhidas perfeitamente a cada fase do jogo, passando a devida sensação que cada cena deveria passar para o player. Em um momento de ação temos alguma coisa que demonstra exatamente isso, em um outro de tensão temos uma música que nos deixa tenso pelo o que vai acontecer, tudo foi realmente bem desenvolvido.

Flat Kingdom é um dos jogos mais bonitos e únicos que eu já joguei nos últimos anos. O game nos leva para um mundo novo e traz uma história cativante, sem contar suas fases muitos bem desenhadas e desenvolvidos misturados com uma gameplay fantástica e uma trilha sonora que enche os olhos de lágrimas. A Fat Panda arrasou em seu primeiro projeto como uma desenvolvedora e o futuro é muito animador.

Flat Kingdom está disponível pela Steam para Windows e MAC OS X e pode ser comprado pelos jogadores brasileiros via Steam agora mesmo.

Veja mais sobre Games

Luiz Gabriel
por

Luiz Gabriel

Gamer desde sempre, joga qualquer coisa sendo de esportes até o casual FPS. Também gosta de filmes e séries - principalmente Game of Thrones e Breaking Bad.

Recomendamos para você