Olá meu povo querido! Depois de uma semana sem Da Vinci’s Demons, o episódio de ontem chegou para arrasar nosso coração. Aliás a semana foi muito tensa, depois de um domingo **daqueles** com Game of Thrones, chega de repente Da Vinci e faz o mesmo. Ai papai, esses seriados que ficam tentando enlouquecer seus fãs de ódio, amor e ansiedade, rsss… O que será que nos espera pela frente? Semana que vem tem exibição do último episódio da primeira temporada e parece que promete hein?

 

O nome do episódio é “The Hierophant”, no tarot moderno, este é o nome de uma carta, também conhecida como “O Papa” – uma curiosidade bem legal, já que tudo giraria em torno do digníssimo Papa realmente. Para começo de conversa, Da Vinci em sua busca compulsiva pela segunda chave que o levará ao Livro das Folhas, andou seguindo Riario para todos os lados. No final das contas, nosso artista favorito chegou a conclusão de que, para conseguir atingir seu objetivo, precisava se infiltrar no vaticano e acessar os famosos arquivos secretos. Mas assim, como faz?

 

Simples, tudo para Da Vinci é muito simples. Nada como construir rapidinho uma roupa de mergulhador com oxigênio bombeado através de um barco por seus amigos para que ele pudesse acessar um dos lugares mais vigiados do mundo pelos esgotos. Aliás, eu nem sei mais porque as pessoas não protegem seus esgotos, já que todo mundo que precisa entrar em algum lugar, opta sempre por este caminho. Mas enfim, ele conseguiu… Chegou por aquela sala fantástica do banho do Papa. Sala fenomenal, realmente. Sua entrada foi digna de Leonardo Da Vinci.

 

da vincis demons papa

 

Com uma besta leve, de leve, Da Vinci ameaça o Papa e pede que lhe leve aos arquivos secretos. O Papa, claro, ri da cara do menino, tadinho. Mas Da Vinci foi apenas educado, ele não precisa de ninguém para desvendar locais secretos, com o conhecimento do estilo do artista que desenvolveu o projeto do Vaticano, Da Vinci em 3 segundos acha a passagem secreta que o levará aos arquivos secretos. A-há! E assim ele vai, com o Papa, claro.

 

Da Vinci pode até ser a pessoa mais inteligente e mais fantástica deste seriado (já que é sobre ele), mas o Papa não foi nada burro. Mostrar todas aquelas relíquias do mundo, artigos históricos, fantásticos, deixaria Da Vinci tentado a partir para o lado de Roma, deixar Florença para trás e ter acesso a tudo o que ele sempre sonhou. Mas Da Vinci, teimoso ‘pra raio’, não se deixou levar pelo momento “enfeitiçante” do Papa. Como sempre, meteu o pé da câmara secreta e acabou entrando no quarto de Riario. Lá, Da Vinci teve uma surpresa melodiosa maior ainda – o pai de Lucrezia Donati estava prisioneiro de Riario – havia quantos anos?

 

Em uma conversa bem amigável, cheia de descobertas, pedidos e tragédias, Da Vinci descobre que Lucrezia é a informante de Roma. Ele se decepciona, xinga, reclama, se espanta com o fato de não ter percebido isso antes – realmente, para ele, deixar uma coisa dessas passar despercebido, deve ser uma humilhação interna gigante! Mas enfim, ele abre a cela e chama e sogrão Donati para enfrentar a filha junto com ele… Mas o veiote não quer, ele fica e manda Da Vinci dar “saudações” para sua filhinha querida.

 

da vincis demos giuliano

 

E é exatamente neste ponto que eu queria chegar – qual o problema desta semana nos seriados? É a semana cabalística de morte de personagens que a gente gosta? Entre os dois irmãos Médici, o mais divertido e descontraído era Giuliano. Seu casinho bobinho com Vanessa, sua determinação em encontrar quem era o verdadeiro traidor de Florença, um honrado herói. Mas nããããão, para que ter um personagem legal, honrado, divertido, apaixonante, senão para matá-lo na primeira oportunidade que surgir?

 

Giuliano, como sempre, falou demais em seu encontro com Lucrezia. Ficou minutos e minutos balbuciando todas as suas lamúrias, suas desconfianças, tudo tudo, dando tempo, de sobra, para a mulher lhe enfiar uma adaga e matá-lo com a maior cara de pau do mundo. Tudo bem que ela é muito “diva” – como amante, como informante, como fugitiva, como leprosa, como assassina e como namoradinha de Da Vinci, a mulher está sempre com aquele semblante pacífico e lindo. Impressionante. Mas enfim, Giuliano se foi, nem sei mais o que será dos Médici, não sei como Da Vinci vai lidar com o conhecimento que tem agora e com a chave que Nico roubou de Riario, com Roma lhe odiando cada vez mais. Já sabemos de antemão que a maioria dessas coisas se resolverá apenas na segunda temporada, então, precisamos ter paciência e calma, porque ainda temos um ano de espera aí pela frente. Rumo às emoções do último episódio!

 

Fique com o teaser do oitavo e último episódio da primeira temporada (obs. vai ser tenso demais):

 

 

Você vai gostar também de:

 

s01e06 s01e05 da-vincis-demons-s01e03-the-prisioner da-vincis-demons4

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

Mais uma série chegando ao fim 🙁
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter

Compartilhe: